Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Pré-candidatos estão abusando e PRE não se movimentou ainda

0

Reuniões em igrejas, churrascos e postagens em redes sociais estão acontecendo abertamente

Abusos

Nas eleições de 2014 chamamos a atenção para os excessos cometidos pelos candidatos durante o processo eleitoral. E teve de tudo, de distribuição de comida à reuniões em igrejas e outras entidades. Foram as eleições mais “impunes” que aconteceram em Rondônia nos últimos anos. E parece que 2016 o cenário vai se repetir. Pré-candidatos, principalmente à vereador, estão fazendo a festa em igrejas evangélicas, e não escondem, em postagens nas redes sociais eles mostram “simpatizantes” com cartazes de apoio, participação em cultos e outros eventos.

Falta endurecer

O Ministério Público Eleitoral já foi bem mais eficiente no combate a esses abusos, mas desde 2014 que a coisa desandou por lá. Não sei se falta dinheiro, pessoal ou vontade, mas sei que quem perde é a população que fica à mercê de oportunistas e aventureiros. O Ministério Público Eleitoral precisa montar uma força-tarefa, passar a monitorar os ainda pré-candidatos que estão fazendo malabarismos para convencer o eleitorado. E os chamados “candidatos evangélicos” são os mais perniciosos.

Outra

Tem candidato abusando de postagens no Facebook com memes e montagens, e isso já está enchendo a paciência. Ao menos no meu messenger recebo várias mensagens de internautas revoltados com a insistência. E nem vou falar dos pedidos de votos.

Vem do DEM

O vice de Mariana Carvalho, caso se confirme sua candidatura nas eleições virá do Democratas, de Marcos Rogério. E vai ser um pastor. A legenda não tem muitas opções “de peso”, e vice também não importa muito no processo. A entrada de Mariana na disputa atrapalha, e muito, as intenções de Nazif se reeleger. A tendência será uma polarização entre Mariana e o deputado estadual Léo Moraes.

Nos próximos dias

Os partidos se mobilizam para as convenções, que devem ser concluídas até o dia 5 de agosto. Como a campanha eleitoral será reduzida esse ano, todos querem resolver de uma vez a questão das candidaturas. Por enquanto temos no páreo Léo Moraes, Williames Pimentel, Mauro Nazif, Ribamar Araújo e talvez Mariana Carvalho. Desses, a candidatura mais improvável é a de Ribamar, que vem patinando, mas sem muita convicção. O REDE que iria lançar candidatura própria, preferiu ficar fora da disputa, com a renúncia do pastor Aluízio Vidal. Nos bastidores, porém, existem rumores que o partido deve apoiar Nazif “por debaixo dos panos”, já que o secretário municipal de Meio Ambiente de Porto Velho, Edjales Benício faz parte da executiva do partido.

Limites

E nesta quarta-feira o Tribunal Superior Eleitoral divulgou a tabela com limites de gastos dos candidatos à prefeito e vereador de todo o país. Em Porto Velho, os valores estão limitados a R$ 2.957.334,54 no primeiro turno e R$ 887.200,36 no segundo turno. Já os candidatos à vereador só poderão gastar R$ 139.825,25. O valor para prefeito ficou alto, em função dos gastos da última campanha, usados como referência para os cálculos. Para conferir os valores de todos os municípios do Brasil, CLIQUE AQUI.

Em Ji-Paraná

Muita gente vem pedindo para que o atual prefeito Jesualdo Pires reveja sua posição e dispute à reeleição. Jesualdo conseguiu fazer uma administração exemplar na segunda maior cidade de Rondônia, mas já declarou diversas vezes que precisa de um tempo para se dedicar à família e assuntos pessoais. Com sua saída, o campo fica aberto, mas a cidade não tem nenhum favorito. Ficou órfã.

Não “tá favorável”

Um cantor de funk brasileiro que se autodenomina “MC Bin Laden” teve o visto negado pelo consulado americano esta semana. Ele faria uma apresentação no Museu de Arte Moderna de Nova York. Total falta de bom senso de alguém que adotou o nome de um terrorista que destruiu as torres gêmeas em um atentado que marcou para sempre a historia americana. Era melhor ter ido cantar no Afeganistão.

Whatsapp

Após mais um bloqueio por determinação judicial, o aplicativo Whatsapp entrou na pauta do Senado Federal, que pretende regulamentar a conversa de uma vez por todas. Uma enquete foi colocada no ar para debater se o ap pode ou não ser bloqueado. E eles querem a opinião da população. Para dar seu “pitaco” na conversa, é só clicar AQUI.

Clínica Mais Saúde informa – Brasil desenvolve novo tratamento para hiperplasia da próstata

Pacientes com hiperplasia prostática benigna (HPB), também chamada de hiperplasia benigna da próstata, têm uma nova opção de tratamento além dos medicamentos e da cirurgia tradicional. A embolização da próstata, técnica desenvolvida por pesquisadores do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), é um procedimento minimamente invasivo, sem efeitos colaterais de longo prazo e tem 90% de eficácia na redução dos sintomas. A embolização é um procedimento semelhante ao cateterismo. Sem necessidade de internação e com uma anestesia local, um cateter (tubo flexível) de 2 milímetros de diâmetro é introduzido na artéria femoral (virilha). Sob orientação de um aparelho que emite raios X, este tubo navega até a próstata e uma substância — semelhante a grãos de areia, feita de resina acrílica — é injetada dentro da próstata com o objetivo de reduzir a circulação de sangue no local. Com a passagem parcialmente bloqueada, a próstata tem uma redução de 30% a 40% de tamanho — o que alivia a obstrução da uretra permitindo a passagem da urina sem dificuldade. Os resultados são promissores: dos 250 pacientes tratados com essa técnica no Brasil, todos no HCFMUSP, 90% tiveram melhora nos sintomas e voltaram a ter uma vida normal, sem a necessidade de medicamentos.

Comentários
Carregando