Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Coluna – Preso na Feudo e com 8 ações penais vira diretor executivo na Suder

0

E ainda a privatização da BR 364, vantagens e desvantagens

Privatização

A BR 364 deverá ser privatizada no trecho Comodoro (MT) a Porto Velho (RO). A concessão será licitada no pacote de privatizações anunciado por Michel Temer essa semana e tem muita gente comemorando, achando que isso vai colocar um fim nos problemas da rodovia, deveria, mas não vai e eu explico. Um dos motivos é a leniência da União em relação às concessionárias, que s ão rápidas para cobrar mas lentas para executar os serviços.

Funciona assim

Para que a rodovia seja privatizada é preciso que ela dê lucro, e para isso é feito um estudo econômico, é tirada uma média de tráfego e claro, o governo entrega a rodovia parcialmente duplicada e a empresa tem até 20 ou 30 anos para concluir as obras, porém, nesse período ela segue cobrando as tarifas de pedágio que são ajustadas periodicamente. Um grande negócio para as empresas, para o governo que segue arrecadando e péssimo para a população que paga a conta duas vezes. Só para se ter uma idéia a BR 040 que liga Goiás ao Rio de Janeiro, passando por Brasília e Minas, foi privatizada em 2013 por uma concessão de 30 anos, e a cobrança de pedágio foi autorizada quando a duplicação atingiu 10% do trecho. Isso foi feito logo no primeiro ano. A concessionária tinha um prazo de 5 anos para concluir tudo, e até hoje não o fez.

Entre Brasília e Minas

A duplicação só existe em alguns trechos, em outros é via simples com tráfego constante de caminhões. Entre Minas e Rio grande parte está duplicada, mas logo na saída do estado mineiro o pedágio pula de R$ 5,30, cobrada entre Goiás e Minas para R$ 12,40. Devido ao alto tráfego de carretas pesadas transitando entre Mato Grosso e Rondônia, a tarifa de pedágio não deverá ficar em menos de R$ 8 em cada praça. Se tomarmos como exemplo a 040, cujo trecho foi de 1 mil quilômetros, foram instaladas 11 praças de pedágio, por ai já dá para ter uma idéia de quanto vai custar a brincadeira para o bolso da população.

Evidente

Que uma rodovia privatizada é bem mais cuidada que uma pública, afinal a empresa fiscaliza o peso das carretas, executa manutenção constante e dá o suporte emergencial aos motoristas, mas o problema é que nós continuamos pagando as taxas de licenciamento, IPVA, seguro e tudo aquilo que o governo costuma cobrar. Ou seja, pagamos duas vezes, para variar.

Operação Assepsia

Em Ji-paraná a Polícia Civil prendeu duas pessoas na manhã desta quinta-feira, sendo que uma delas é a procuradora do município, Leni Matias. Ela foi acusada de falsidade ideológica e corrupção. Essa é uma daquelas coincidências que só acontecem no Brasil. Curiosamente Leni é uma pessoa próxima do prefeito Jesualdo Pires, que vem brigando pela oportunidade de ser candidato ao Senado em 2018. Apesar das acusações serem apenas contra a procuradora, é inegável o desgaste que isso traz ao prefeito. O tempo dirá…

Falando em preso

Pedro Teixeira Chaves, ex-diretor do SEBRAE de Rondônia, preso na Operação Feudo deflagrada pelo Ministério Público do Estado em 2013 atualmente é diretor executivo da Superintendência de Desenvolvimento Estadual (Suder), um órgão do Estado. Pedro Teixeira responde a oito ações penais referentes à supostos crimes cometidos no Sebrae. Realmente, quando se trata de “cooperação” o governo de Confúcio Moura é imbatível.

376

Esse é o número de servidores da educação que já morreram e não conseguiram receber seus direitos na ação de isonomia do Sintero. Um processo que se arrasta por pura burocracia da justiça trabalhista. Os valores foram auditados, o processo já deu cadeia para quem tinha que dar e mesmo assim a novela ainda não acabou. Para complicar ainda mais, já nos finalmentes para pagamento, o juiz que cuida da ação tirou férias…

84

Essa foi a quantidade de servidores comissionados exonerados da prefeitura de Porto Velho essa semana depois que Hidon Chaves anunciou o rompimento com apenas dois vereadores, Jair Montes e Marcelo Cruz. Se tomarmos esse número como base, e multiplicarmos por 21, que é a quantidade de vereadores, já se sabemos porque o MP recomendou o enxugamento de cargos na prefeitura…

Herança genética da mãe aumenta o risco de autismo

Pesquisadores do Hospital Infantil da Filadélfia, nos Estados Unidos, descobriram que mutações no DNA mitocondrial, parte das células responsável produzir energia e cujo código genético é herdado exclusivamente da mãe, podem contribuir para um maior risco de desenvolver o autismo. Os resultados mostraram que alterações observadas no DNA mitocondrial de autistas estão associadas a mutações observadas em alguns DNAs de linhagens “antigas” de grupos populacionais específicos presente no banco de dados, como por exemplo europeus e asiáticos. Além disso, elas ajudam a entender por que algumas populações tem relatado um aumento de casos de autismo nos últimos anos e por que, apesar de possuir o fator genético, irmãos de uma pessoa autista podem não ter o mesmo diagnóstico. Afinal, segundo os especialistas, a predisposição genética da mitocôndria interage com a do núcleo da célula, que pode ter heranças diferentes, tanto da mãe quanto do pai – além dos fatores ambientais associados ao risco.

Comentários
Carregando