Coluna – Roberto Sobrinho se prepara para disputar eleição em 2014

Reagindo

Pesquisa de consumo interno fechada na semana passada mostra que a estratégia do governador Confúcio Moura em intensificar suas andanças pelo estado vem dando resultados. Se antes ele aparecia com índices baixíssimos, começa a mostrar crescimento, um tanto tímido, mas perceptível. Confúcio ainda não declarou oficialmente que é candidato à reeleição, mas governistas só aguardam a notícia para vestir a camisa e ir às ruas pedir votos.

Peregrinação

Confúcio vinha de um longo processo letárgico, observando uma série de trapalhadas de parte de sua equipe. Como lhe é peculiar, não interfere diretamente, preferindo sinalizar. Mas o pessoal dele parece que não observa esses indícios. O resultado é que, quando o sujeito chega para trabalhar, fica sabendo pelo Diário Oficial que foi exonerado. E até o fim desse ano algumas mudanças serão feitas no governo. A idéia é montar uma equipe que não dê trabalho nem crie problemas, a exemplo do que muitos fizeram esse ano. Em 2014 Confúcio quer se dedicar à reeleição.

Grande parte

Dessa reação se deve ao programa de asfaltamento que vem sendo executado pelo DER, chefiado por Lúcio Mosquini. Alguns municípios chegaram a 100% de pavimentação com o atual cronograma que foi adotado pelo DER e até o fim do ano muita coisa deverá avançar nessa área.

Podcast

E agora?

O jornal governista Diário da Amazônia, de propriedade do senador Acir Gurgacz estampou em sua capa a seguinte manchete nesta sexta-feira “Placa de táxi vira herança de família”. A lei que trata do assunto foi sancionada na última quinta-feira pela presidente Dilma Roussef, e é de autoria do ex-senador Expedito Júnior. Porém, no jornal de Gurgacz a lei seria de autoria de Confúcio Moura (quando foi deputado federal) e só passou graças a interferência de Acir. Para Expedito a explicação sobre o tema é simples, “quando o filho é bonito, todos querem ser o pai”.

Prepara

O ex-prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho vem se articulando para disputar as eleições ano que vem. Mas fora o fato dele ter sido expulso da prefeitura pela justiça, o que não é um impeditivo eleitoral, ele precisa antes resolver algumas questões dentro de seu partido, afinal, o PT está bem dividido e sequer consegue definir os próprios rumos aqui no Estado.

Explico

Com a morte do deputado federal Eduardo Valverde, ocorrida em 11 de março de 2011, a crise instalou-se dentro do partido. Era ele quem vinha conduzindo os rumos do PT e sua súbita morte, deixou o partido órfão. As disputas internas se agravaram e com o melancólico fim da gestão de Roberto Sobrinho a situação ficou ainda pior. Como resultado, dois grupos distintos surgiram, um ligado a ex-senadora Fátima Cleide e outro ao deputado federal Padre Ton (do qual Roberto faz parte). Ocorre que, caso o ex-prefeito venha a disputar uma vaga para deputado federal, os candidatos à estadual não vão querer dividir santinho com ele, portanto, em tese, ele concorre sozinho.

Já para estadual

O cenário é outro. Roberto estaria virtualmente eleito, mas isso custaria a vaga de um de seus companheiros, ou Epifânia ou Cláudio Carvalho. Sobrinho certamente tomaria a vaga de um deles, caso fosse eleito. Com isso, a situação dele fica bem complicada, até porque sequer o PT decidiu de fato quem será, ou se terá, candidatura ao governo em 2014. Padre Ton, que demonstrou interesse em passado recente, não se coloca como pré-candidato. Resta saber como a companheirada vai encarar essa situação.

Roberto

Não tem nenhuma pendência junto à justiça eleitoral. Ao menos por enquanto.

Olha essa

A prefeitura de Porto Velho já emitiu mais de 2 mil notificações para os proprietários de terrenos baldios existentes na cidade, uma média de 200 notificações por mês. Nathali Soltovski, Coordenadora Municipal de Fiscalização e Postura (CMFP), da Prefeitura de Porto Velho, alerta que a limpeza dessas áreas é de responsabilidade do proprietário, conforme prevê o Código de Posturas do Município.  Ela afirmou que a medida é importante para evitar transtornos, por isso que os donos das áreas têm que providenciar a limpeza e a manutenção desses locais. Nathali lembrou que a falta de limpeza dos terrenos baldios pode gerar vários problemas por causa do acúmulo de lixo e entulho e do crescimento do mato. Esses fatores facilitam a proliferação de roedores, insetos e animais peçonhentos. Além disso, o mato alto e o lixo podem viabilizar a formação de reservatórios de água, que se tornam criadouros para o mosquito da Dengue”.

Bem no centro

De Porto Velho, mais precisamente na rua Gonçalves Dias esquina com a Herbert de Azevedo, um prédio abandonado pertencente a família do secretário municipal de Regularização Fundiária, Christian Piana Camurça causa transtorno aos vizinhos. O prédio já foi uma concessionária de veículos, virou uma escola e há anos está abandonado. Seria interessante o secretário dar o exemplo e uma destinação útil à área.

Tecnologia

A partir de agora, qualquer cidadão, inclusive os que não têm conta bancária, poderão receber benefícios de programas sociais, pagar contas, fazer compras ou receber créditos pelo celular. A nova regra, publicada hoje (10) no Diário Oficial da União, inclui essa ferramenta no Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), que dá suporte à movimentação financeira entre agentes econômicos e permite a transferência de recursos, além de processar e liquidar pagamentos. Com isso, o celular poderá ser usado como se fosse um cartão de banco. “Com um celular na mão, as pessoas poderão fazer toda a movimentação do recebimento do benefício até o débito no comércio local, da mesma maneira que hoje operam quando colocam créditos nos celulares pré-pagos”, explicou o senador Walter Pinheiro (PT-BA), autor do projeto original.

Registro

Acontece neste sábado, a partir das 18 horas na Igreja do Rosário, na rua José Bonifácio, 1566, bairro Olaria a missa de sétimo dia do falecimento de Alcina Moura Atalah, ocorrido em São Paulo.

Nasceu

Na última quinta-feira o primeiro filho do advogado Diego Vasconcelos e Patrícia Carloto. É um menino e chama-se Diego.

Empresários

Foi criada esta semana a Associação dos Jovens Empresários de Rondônia, que promoverá seu primeiro evento na próxima segunda-feira, a partir das 9 horas no auditório do Sebrae. Serão realizadas palestras com diretores do Sebrae, Fiero e Fecomércio. Na terça será a vez dos secretários municipais de Planejamento e de Educação e uma conversa com o empresário Adelio Barofaldi. O evento encerra com uma palestra de apresentação com Fabiano de Cristo, diretor executivo da Conaje – Confederação Nacional dos Jovens Empresários.

Fale conosco

Pelos telefones (69) 3225-9979 ou 9363-1909. Também estamos no Facebook.com/painel.político e no Twitter (@painelpolitico). Caso prefira, envie correspondência para Rua da Platina, 4326, Conjunto Marechal Rondon.

Estudo liga excesso de gordura na barriga à perda de memória

Além de todos os problemas já conhecidos relacionados ao excesso de gordura na região da barriga, uma nova pesquisa mostra mais um motivo para se repensar as escolhas alimentares e fechar a boca em busca de um corpo mais saudável. O estudo concluiu que pessoas com a barriga avantajada são quase quatro vezes mais propensas a desenvolver perda de memória e demência na velhice. Os cientistas descobriram também que pessoas com muita gordura abdominal apresentam níveis mais baixos da proteína PPARalpha, que controla a metabolização da gordura no fígado. Esta proteína também é encontrada no centro de memória do cérebro, o hipocampo, responsável pela memória e pelo aprendizado. Inicialmente, as pessoas que estão acima do peso esgotam os níveis desta proteína no fígado, mas, eventualmente, isso ocorre também com o resto do corpo, incluindo no cérebro. Os pesquisadores acreditam que a descoberta pode ajudar no desenvolvimento de uma injeção para melhorar a aprendizagem e a memória de pessoas com demência. Estudos anteriores mostraram que fumantes passivos, apneia do sono, bebida e uso de drogas, além da diabetes do tipo 2, também podem aumentar o risco de demência.

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

  • twitter
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília