Coluna – Rondônia pode pedir música no Fantástico; já tem 4 ex-presidentes da ALE presos

A lista é composta por Marcos Donadon, Natanael Silva, Carlão de Oliveira e Valter Araújo; todos estão cumprindo sentenças

Uma pergunta

Quem está ganhando dinheiro em Rondônia com esses semáforos horrorosos que estão sendo instalados em praticamente todas as cidades? Só aqui em Porto Velho já foram mais de uma dezena. Pela estrutura de instalação dá para perceber que não é barato. Dá para perceber ainda que a manutenção que deve ser o grande ‘filé’. Resta saber quem está ganhando com isso, porque aqui no Brasil, por amor à cidade com certeza não é. Sem contar que são um desastre de feios.

Enquanto isso

A secretária de Eduicação do Estado Fátima Gavioli deverá ser exonerada nos próximos dias por não ter migrado para o PMDB, conforme orientação do governador Confúcio Moura e uma pressão de Maurão de Carvalho. Ela deve ser substituída por Márcio Félix, que é seu adjunto e filiado ao PMDB. Gavioli é filiada ao PDT de Acir Gurgacz que também vai perder, nos próximos dias o controle do DETRAN.

Quem vai assumir

É a irmã de Confúcio, Cláudia Moura e Emerson Castro, que estava cotado para a pasta, se quiser, pode ir para a Superintendência de Desenvolvimento (Suder) que atualmente é chefada por Basílio Leandro. A Suder é aquela pasta que não tem nenhuma função prática, exceto abrigar a turma que vai deixando o primeiro escalão.

Na Casa Civil

Quem deve assumir é Cira Moura, atual adjunta da pasta e que também é irmã do governador. Como adjunto o indicado é o ex-deputado estadual Valvidino Tucura, que não fez nada como deputado e também não vai fazer nada como adjunto, exceto, é claro, receber salário de secretário. O cargo é uma espécie de ‘consolo’ já que Tucura não conseguiu se reeleger, mas é primeiro suplente então pode, a qualquer momento, assumir uma vaga na assembleia a depender do resultado das eleições municipais.

Marcos & Marcus

Agentes penitenciários realizaram manifestação nesta segunda-feira nas principais avenidas da Capital e no Centro Político Administrativo do governo contra supostos ‘assédios morais’ que estariam ocorrendo na Secretaria de Justiça. Eles querem a punição (e exoneração) tanto do titular da pasta Marcos Rocha, quanto seu adjunto, Marcus Amaral. Os agentes tentaram entrar na SEJUS, mas foram barrados, a porta foi fechada.

Na folha

De pagamento do Estado continua o problema com o coronel Delner Freire, que parece, não tem a menor ideia do que está fazendo ali. Todos os meses, sem exceção, pelo menos uma centena de servidores reclamam de bloqueios e descontos indevidos em seus salários, mesmo assim, Confúcio mantém o coronel no comando.

Caiu

Usando o nome de “Arnaldo Serrath’ foi preso na cidade de Abadiânia (GO) o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Natanael José das Silva, que estava foragido desde 2014, após ter sido condenado pelo Superior Tribunal de Justiça a 14 anos e 8 meses de prisão, além de 170/dias multa. Em 2001 quando Natanael era presidente da Assembleia, ele depositou um cheque no valor de mais de 600 mil reais do Legislativo na conta de sua empresa, a Distribuidora de Bebidas São Miguel Arcanjo (DISMAR). Ele também foi acusado de causar um incêndio na assembleia para destruir provas de seus crimes. Natanael será transferido para o Urso Panda, onde deverá começar a cumprir pena.

Com isso

Rondônia já pode pedir música no Fantástico. É o único estado (e o mais novo) da federação que teve 4 presidentes de Assembleia presos. Carlão de Oliveira, que deve começar a cumprir pena tão logo se recupere de uma cirurgia; Marcos Donadon, que cumpre prisão domiciliar; Valter Araújo, que também está cumprindo pena domiciliar e agora Natanael Silva. Vale lembrar que Silvernani Santos, que também foi presidente da Casa foi condenado a perda de função pública e pagamento de multa milionária acusado de desvios de recursos através da venda de passagens aéreas ‘fantasmas’ e Neodi Carlos, que responde a uma denúncia de improbidade.

Com essa prisão

Chega ao fim um ciclo de impunidade que cerca o legislativo rondoniense e também serve de aviso aos atuais e futuros deputados. A justiça até que demora ( na maioria das vezes, mais do que deveria), mas ela acontece. O caso de Natanael é emblemático e quem puxar pela memória vai recordar do festival de sandices e ilegalidades que aconteciam na assembleia durante sua gestão. Natanael antecedeu Carlão de Oliveira e deixou todo o esquema que seria desbaratado pela Operação Dominó prontinho. Carlão herdou, ampliou mas não teve sorte, a casa dele caiu feio.

Natanael

Tentou se esconder no Tribunal de Contas como Conselheiro, através de uma manobra nebulosa, uma posse feita nas sombras através de uma vaga “aberta às pressas com a aposentadoria do então conselheiro Hélio Máximo”. Na época, o agora senador Ivo Cassol estava em seu primeiro mandato como governador e alegou ter sido ameaçado por Natanael, caso não assinasse o decreto de nomeação, “disse que teria um inimigo se não assinasse o decreto. Recusei a imoralidade”, contou Cassol, que conseguiu no Supremo Tribunal Federal suspender a nomeação até que os deputados de Rondônia adaptaram a constituição do Estado aos mesmos critérios dos demais tribunais de conta e do TCU. Dos requisitos para ocupar o posto no TCE, Natanael só cumpria um: o da idade mínima.

Mesmo assim

Natanael ainda conseguiu ficar no cargo por quase dois anos, quando foi afastado pelo STJ e posteriormente condenado à prisão. Uma época triste para recordamos, mas de fundamental importância para que as novas gerações de deputados tenham em mente que o tempo da impunidade está acabando.

“Tô com Dilma e não abro”

E não, não é o paraquedas, é o senador Acir Gurgacz, que mantém sua posição de apoiar a presidente e é contra o impeachment. Gurgacz está de olho em um ministério. Ele garante ter sido convidado, mas a atual crise política está engessando o governo. A prioridade é resolver a nomeação de Lula, que pelo jeito está cada vez mais distante da Casa Civil. Nesta segunda-feira a Polícia Federal encontrou um contrato de imóvel no valor de R$ 6 milhões que eles acreditam estar em nome de laranjas e pertencer, na verdade, ao ex-presidente.

Clínica Mais Saúde informa – Coração saudável é antídoto a envelhecimento da mente

Ter um coração saudável ajuda a preservar o processamento cerebral e a função cognitiva ao longo do tempo. A conclusão é de um estudo publicado no periódico científico Journal of the American Heart Association. Pesquisadores da Universidade de Miami, nos Estados Unidos, analisaram dados de saúde cardíaca e função cerebral de 1.000 voluntários. Seis anos depois, eles foram submetidos aos mesmos testes. Os resultados mostraram que aqueles que tinham melhor saúde cardíaca apresentaram menor declínio cognitivo. Já se sabia da associação, mas não que ela era tão direta. Os marcadores de saúde cardíaca avaliados pelos pesquisadores foram: pressão sanguínea, colesterol, nível de açúcar no sangue, prática de atividade física, alimentação, peso e tabagismo. Já os testes cerebrais analisaram a memória e as habilidades de processamento cerebral.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta