Com distintivos de pastor e capelão, homens se apresentam como delegados e são presos em SC

Dois homens foram presos na madrugada desta sexta-feira (3) se passando por delegados em uma boate em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Conforme a Polícia Militar, com distintivos e armas falsas, eles ameaçaram funcionários do local.

De acordo com a PM, os homens presos têm 22 e 44 anos. Na carteira deles, foram encontrados os distintivos: um dizia ‘pastor evangélico’ e o outro ‘policial capelão’.

A equipe de segurança da boate, que fica no bairro Municípios, entrou em contato com a PM por volta das 4h. Os denunciantes informaram que os suspeitos se identificaram como delegados. Uma arma foi apontada em direção aos funcionários.

A PM chegou ao local e solicitou que os homens mostrassem a identificação funcional, mas eles não tinham documentos verdadeiros de policiais. A pistola também era um simulacro. Os dois foram presos em flagrante por ameaça e falsa identidade, segundo a PM.

Arma falsa foi encontrada com homens que se passaram por delegados (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Fonte: g1

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta