fbpx
Comerciantes promovem feira e SEMTRAN multa clientes

Lojistas da Avenida Carlos Gomes ficaram irritados com ação da prefeitura

Porto Velho (da redação de Painel Político) — Porto Velho, assim como o Brasil, atravessa um grave momento econômico, com desemprego e baixas vendas no comercio. Na tentativa de tentar melhorar os negócios, lojistas da Avenida Carlos Gomes resolveram realizar uma feira de “queima de estoque” que teve início na semana passada. O evento acontecia próximo ao Hotel Vila Rica, em um terreno que foi adaptado para a situação.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Mas os clientes que foram visitar a feira na noite da última sexta, tiveram uma desagradável surpresa, fiscais da Secretaria Municipal de Trânsito resolveram distribuir multas a todos que estavam estacionados irregularmente nas proximidades. A ação do município deixou os lojistas indignados, principalmente porque nos últimos meses eles tem sido vítimas de assaltos e foram prejudicados com a nova sinalização, que proíbe o estacionamento em uma faixa da Avenida, dificultando dessa forma o acesso de clientes.

O deputado estadual Léo Moraes (PTB-PVH) postou em seu perfil no Facebook, algumas fotos que mostram a ação da prefeitura. Para o parlamentar, o momento é de união, e em sua avaliação a prefeitura deveria ter sido flexível com o evento, “soube que eles entregaram toda a documentação exigida pelo município. Estamos atravessando um momento extremamente complicado, economicamente falando, e a prefeitura deveria ter dado um apoio eficiente. Não custava, por exemplo, ter colocado os fiscais para orientar e não para multar. Lógico que não se pode permitir infrações, mas era uma noite de sexta-feira, um evento esporádico e poderia sim ter sido flexibilizado a questão do estacionamento”, afirmou o parlamentar.

 

 

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta