Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Como proteger a saúde das crianças no verão

0

Chega o verão e tudo que a criançada mais quer é liberdade para brincar. Quanto menos roupa, melhor, assim como os calçados. A ordem de todos os dias é se divertir. No entanto, é sempre bom tomar alguns cuidados para evitar que alguma doença típica do período de veraneio acabe interrompendo a curtição.
Não há motivo para pânico: é perfeitamente possível conciliar os cuidados necessários com a diversão no litoral. ZH conversou com a pediatra Lucia Diehl, responsável pelo departamento de Ensino a Distância da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, sobre os cuidados necessários e das doenças mais comuns.
– Como frequentamos mais praias e piscinas, a exposição da pele à água e à areia gera uma predisposição a doenças de pele. É a principal preocupação – aponta Lúcia.
Impetigo: infecção cutânea superficial causada por bactérias. Aparece em qualquer área do corpo e do couro cabeludo, em algum machucado. Caracteriza-se por zonas vermelhas ou bolhas que se enchem de crostas.

Tratamento: antibióticos locais.

Pitiríase versicolor: causada por fungo, provoca manchas arredondadas de cor variável no tronco, pescoço e braços.

Tratamento: antifúngicos, inclusive no couro cabeludo, que pode ter abrigado o fungo.

Bicho geográfico: ocorre devido à penetração na pele de um parasita, presente nas fezes de cães e gatos, que forma trajeto e dá coceira. Mais frequente nos pés, nas nádegas e nas costas.

Tratamento: pomadas antifúngicas.

Frieira: causada por fungos, apresenta vermelhidão, descamação e coceira no meio dos dedos e na sola dos pés.

Tratamento: pomadas antifúngicas.

Insolação: provocada pelo excesso de exposição ao sol, gerando queimaduras na pele, mal-estar, tonturas, desidratação, náuseas e vômitos.

Tratamento: hidratação oral, ambiente arejado e com sombra.

Queimaduras: causada pela exposição excessiva ao sol, sem uso de filtro solar e chapéu, em especial das 10h às 16.

Tratamento: cremes calmantes e cicatrizantes e curativos especiais em casos mais graves.

Brotoeja: decorre da dificuldade na eliminação de suor. Provoca vermelhidão e pequenas bolhas.

Prevenção e tratamento: usar roupas arejadas e tomar banhos frequentes, além de pomadas calmantes.

Cuidados

Prevenir as doenças típicas do verão não significa diminuir a diversão. Os cuidados são bastantes simples.

— Evite a exposição ao sol das 10h às 16h.

— Use chinelo em praias com muitos cães e gatos.

— Aplique filtro solar e coloque chapéu. Reforce a aplicação do filtro após o banho na piscina ou no mar.

— Ofereça líquidos às crianças, de preferência água filtrada ou fervida.

— Tenha cuidado na conservação e no preparo dos alimentos.

— Preste atenção aos cuidados ambientais e sanitários das praias.

FONTE: zh bem estar

Comentários
Carregando