Conetur vai discutir com Governo situação da Polícia Ambiental e empresários de Gujará-Mirim

O presidente das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (Facer), Cícero Noronha reuniu-se nesta sexta-feira 01.04, com o presidente do Conetur – Conselho Empresarial do Turismo, Raniery Coelho, e a coordenadora do Conetur, Cileide Macedo para discutirem uma solução sobre o impasse entre a Polícia Ambiental de Guajará-Mirim e os empresários daquele município.

Segundo Noronha, que também é membro do Conetur – os empresários estão sendo vítimas de pesadas multas impostas pelo órgão ambiental, uma situação que já havia sido denunciada na reunião feita pelo Conselho há duas semanas pelos empresários, em uma reunião em Guajará-Mirim. A questão pode inviabilizar todo o planejamento estratégico que o Conetur tem para a cidade.

De acordo com o presidente Raniery Coelho, a questão será levada ao conhecimento do Governo do Estado para que a situação seja pacificada. “Entendemos que a Polícia Ambiental possui sua área de atuação, mas não devemos esquecer que Guajará-Mirim é uma cidade turística. São questões que devem ser revistas para o bem do comércio e do turismo da cidade”, avaliou Raniery.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta