Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Confúcio é o mais rico entre os cinco candidatos a governador de Rondônia

0

O governador Confúcio Moura (PMDB), candidato à reeleição, é o mais rico entre os cinco candidatos que disputarão o Governo de Rondônia. Ele declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) bens que totalizam R$ 6.514.675,89 (seis milhões, quinhentos e catorze mil, seiscentos e setenta e cinco reais e oitenta e nove centavos).


Confúcio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONFÚCIO MOURA

Pilotando a coligação “Rondônia no Caminho Certo”, formada por PMDB/PC do B/PRTB/PSL/PRP, Confúcio declarou que pode gastar até R$ 25 milhões em sua campanha eleitoral.

Expedito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXPEDITO JÚNIOR

Candidato pela frente “Muda Rondônia” (PSDB/PSDC/PSD/PEN/SD/PT do B/PHS/PSC/PMN/PRB/DEM), o ex-senador Expedito Júnior (PSDB) declarou possuir bens no valor de R$ 1.614.212,17 (um milhão, seiscentos e catorze mil, duzentos e doze reais e dezessete centavos), com uma previsão de gastos na campanha igual a de Confúcio Moura: R$ 25 milhões.

Jaqueline

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JAQUELINE CASSOL

A advogada e empresária Jaqueline Cassol, do PR, é a candidata da coligação “O Respeito Está de Volta” (PR/PP/PPS/PROS/PV/PTC). Ela declarou possuir bens no valor de R$ 5.162.728,57 (cinco milhões, cento e sessenta e dois mil, setecentos e vinte e oito reais e cinqüenta e sete centavos). Jaqueline pretende gastar R$ 20 milhões em sua campanha.

Padre

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PADRE TON

Sem coligar, disputando a eleição isolado, o deputado federal Mariton Benedito de Holanda, o Padre Ton, do PT, declarou possuir bens no valor de R$ 246.681,59 (duzentos e quarenta e seis mil, seiscentos e oitenta e um reais e cinqüenta e nove centavos. Sua previsão de gasto na campanha é de R$ 10 milhões.

Pimenta

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PIMENTA DE RONDÔNIA

O candidato a governador Nascimento Antônio da Silva, o Pimenta de Rondônia (PSOL), da coligação “Frente de Esquerda” (PSOL/PSTU), declarou o patrimônio mais modesto de todos: R$ 120 mil. Ele informou ser dono de uma empresa do ramo hoteleiro e de turismo. Disse que pode gastar na campanha até R$ 500 mil.

Comentários
Carregando