Na UNB; empresária chama alunos de “gay safado”, “parasitas” e “maconheiros”; assista

Grupo protestava contra possível greve de acadêmicos, “pago impostos para sustentar esses parasitas”, disse uma empresária

A Universidade de Brasília (UnB) investiga a atuação de um grupo de manifestantes na noite desta sexta-feira (17/6) no Instituto Central de Ciências (ICC), conhecido como minhocão.

Segundo relatos, os manifestantes chegaram ao local por volta das 20h, gritando palavras de protesto exigindo a volta da ditadura militar. Eles ainda teriam feito o uso de bomba caseira. A instituição afirma que ainda apura o caso.

O grupo chegou a caminhar pelo local. O prefeito do campus, professor Marco Aurélio de Oliveira, recebeu relatos que durante o protesto, “alunos que passavam perto dos manifestantes eram agredidos verbalmente”. Um vídeo que circula na internet mostra uma mulher dizendo que “sou empresária, pago imposto caríssimo para manter esse parasita. Gay safado, parasita”, grita ela.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário