Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conheça as raças de cães consideradas as mais perigosas do mundo

0
Mesmo que você seja a pessoa mais apaixonada por cachorros do mundo, é bem provável que algum desses animais desperte em você certo receio, afinal, dependendo da raça e das condições nas quais são criados, alguns cães podem representar perigo. De acordo com a galera do List 25, estas são as raças de cachorro mais perigosas de todas.

9 – Cão-lobo

O híbrido de cachorro com lobo está nessa lista por motivos óbvios, afinal o animal tem traços genéticos de agressividade, herdados tanto do cachorro e quanto do lobo. O padrão comportamental do cão-lobo apresenta marcas mais violentas quando o comparamos a outros cachorros.

8 – Chow Chow

Ainda que seja um cachorro com cara de ursinho de pelúcia, o Chow Chow requer cuidados redobrados e muito treino para não acabar se tornando agressivo. Oriundo da China, esse totó pode passar dos 30 kg e é conhecido por ser agressivo se precisar proteger seus donos. Ainda que possam viver em apartamentos, eles precisam ter um tempo ao ar livre, todos os dias – levá-los para passear diminui as chances de se tornarem animais perigosos.

7 – Dobermann

Conhecido por seu comportamento de constante alerta, pela lealdade aos donos e pela inteligência, o Dobermann é considerado um dos melhores cães de guarda de todos, até mesmo porque costuma atacar somente quando se sente ameaçado. De origem alemã, o cachorro dessa raça é de grande porte e pode chegar a pesar mais de 40 kg. Pesquisas já mostraram que são animais agressivos com relação a cachorros e pessoas desconhecidas, mas não costumam representar perigo a seus donos.

6 – Husky Siberiano

Famoso por ser um ótimo puxador de trenó, o Husky é um animal forte, veloz e potencialmente perigoso, especialmente para animais pequenos, afinal estamos falando de um predador com fortes instintos de caça.

5 – Malamute do Alasca

 

Podemos dizer que o Malamute é quase um primo do Husky Siberiano e, pelo jeito, o perigo é de família mesmo. Esse é um típico cachorro que precisa de muita atividade, muita corrida e brincadeira para não se tornar agressivo. De porte grande, o Malamute pode chegar a pesar 45 kg, e é conhecido por sua força arrebatadora. É um cachorro difícil de ser treinado, não se dá muito bem com animais pequenos e não costuma ser um bom cão de guarda.

4 – Rottweiler

Considerado um animal com características genéticas favoráveis, o Rottweiler tem fortes instintos de guarda. Comportamentos agressivos, no entanto, são mais frequentes em animais vítimas de maus tratos, que não recebem treino ou são privados de convívio social. Ainda que atacar não faça parte de seus instintos, quando atacam costumam ser muito violentos e perigosos.

3 – Pastor Alemão

Eis outro tipo de cachorro que pode pesar até 45 kg e representa perigo quando sente que seu território ou sua família estão ameaçados. Conhecido por ser superprotetor, o Pastor Alemão é um animal extremamente inteligente, confiante e vigilante. Não costuma sentir medo de outros cachorros e, se sente necessidade, ataca sem pensar duas vezes. Quando são treinados e socializados adequadamente, se tornam menos perigosos.

2 – Pitbull

Essa raça é uma mistura potente das raças Bull Terrier, American Staffordshire Terrier e Bulldog. Por ser um animal forte e ágil, é considerado extremamente violento, principalmente quando é treinado para participar de brigas.

1 – Pastor do Cáucaso

Fotos: List 25 / Shutterstock

O típico Pastor do Cáucaso é um cachorro assertivo, forte e corajoso. Quando não recebe treinamentos nem é acostumado a ter convívios sociais, esse animal costuma atacar qualquer pessoa estranha. É conhecido por ter poderosos instintos de defesa.

Comentários
Carregando