Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conheça o milho arco-íris

0

Alguns cereais podem ser descritos como belíssimos, mas o multicoloridos milho arco-íris é definitivamente uma dessas raras exceções. Também conhecido como milho crioulo, as espigas deste milho tem grãos que mais parecem pequenos pedados de vidro soprados, o que explica seu nome em inglês: glass gem (gema de vidro). Sua origem é incerta, alguns dizem que surgiu no México, outros que é um produto Inca e os americanos dizem que foi criado por um agricultor Cherokee chamado Carl Barnes.

Provavelmente todos tenham razão, já que não é tão incomum encontramos alguns poucos grãos de cor em certas espigas de milho comum. A partir daí basta ir selecionando e replantando estas sementes especiais em temporadas consecutivas para criar o cereal único. De qualquer forma os esforços diligentes destes agricultores tiveram um resultado verdadeiramente alucinante. Este milho parece mais uma obra de arte de cores vivas e translúcidas do que um cereal.

Este colorido todo faz com que as espigas sejam adquiridas mais com fins ornamentais do que alimentícios, afinal da dó comer algo tão bonito. Entretanto o milho crioulo é bem mais nutritivo do que o tradicional. Muitos minerais só são encontrados no milho arco-íris. A semente do milho normal depende de agrotóxicos, coisa que não ocorre com a semente do milho colorido. Ademais sua farinha também chama bastante a atenção.

Segundo o portal G1, a plantação do milho arco-íris passou a ser difundida no Rio Grande do Sul após um encontro de comunidades alternativas no litoral norte do estado. Neste encontro um dos agricultores ganhou algumas sementes do cereal de índios da tribo Tupi e iniciou a sua plantação. Logo verificou que o produto é resistente, rústico e muito saboroso, além do que na produção do milho crioulo não usam nenhum tipo de agrotóxico para combater as pragas que atacam as lavouras. Esta variedade é resistente e sua semente pode ser reaproveitada, diferente do que ocorre com o outro milho.

Todas as fotos deste artigo são de Ggreg Schoen, a mente por detrás do Native Seeds, uma organização sem fins lucrativos, que pesquisa, documenta, distribui e conserva mais de 2.000 sementes agrícolas nativas, promovendo o uso dessas culturas antigas como forma de reunir, salvaguardar, e distribuir as sementes para as comunidades rurais e de jardinagem.

02

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 02

03

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 03

04

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 04

05

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 05

06

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 06

07

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 07

08

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 08

09

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 09

10

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 10

11

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 11

12

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 12

13

Uma verdadeira festa para os olhos: o milho arco-íris 13

 

Comentários
Carregando