Conheça o ministério de Michel Temer

O novo presidente Michel Temer acabou de oficializar sua equipe ministerial.

Kassab agora é titular da nova pasta de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; Eliseu Padilha vai para a Casa Civil; e Alexandre de Moraes, ex-secretário de Segurança de São Paulo, substitui Eugênio Aragão no Ministério da Justiça e Cidadania.

Leonardo Picciani, líder do PMDB na Câmara e voto contrário ao impeachment de Dilma Rousseff, assumirá a pasta do Esporte.

O novo AGU é Fábio Osório Medina.

Segue a equipe:

– Gilberto Kassab, ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações;
– Raul Jungmann, ministro da Defesa;
– Romero Jucá, Planejamento, Desenvolvimento e Gestão;
– Geddel Vieira Lima, ministro-chefe da Secretaria de Governo;
– Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional;
– Bruno Araújo, ministro das Cidades;
– Blairo Maggi, ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
– Henrique Meirelles, ministro da Fazenda;
– Mendonça Filho, ministro da Educação e Cultura;
– Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil;
– Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário;
– Leonardo Picciani, ministro do Esporte;
– Ricardo Barros, ministro da Saúde;
– José Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente;
– Henrique Alves, ministro do Turismo;
– José Serra, ministro das Relações Exteriores;
– Ronaldo Nogueira de Oliveira, ministro do Trabalho;
– Alexandre de Moraes, ministro da Justiça e Cidadania;
– Mauricio Quintella, ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil;
– Fabiano Augusto Martins Silveira, ministro da Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU);
– Fábio Osório Medina, AGU.

Radar/Veja

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário