Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conheça os 5 principais sintomas de estresse e descubra como aliviá-los

0

Aprenda a reconhecer quando é preciso recuar para tratar de si e procurar relaxar

Em épocas de mudança, incertezas e desafios, é normal que o estresse se apodere da mente e do corpo. O estresse pode afetar a pele, a memória a curto prazo e vem sendo apontado como a principal causa de problemas digestivos.

A escrever para o site Healthista, Charlotte Watts destaca os cinco sintomas que revelam quando uma pessoa está muito estressada e indica ainda como tratar ou aliviar os sintomas sem o uso de medicamentos. Conheça:

1. Mente inquieta, preocupação e ansiedade. Fazer meditação ou ouvir mensagens positivas podem ajudar a acalmar essas vozes interiores de inquietação e insegurança; a longo prazo a meditação mindfullness pode ajudar a reduzir os níveis de cortisol – hormônio do estresse – e ajudá-lo a se focar no momento presente.

2. Dor, tensão ou tremedeira nos olhos. É muito normal, especialmente se passa o dia olhando para a tela do computador. Para conseguir dar descanso aos seus olhos, evite usar o celular nos seus intervalos sem computador. Fechar os olhos e esfregar suavemente as pálpebras também ajuda a lubrificar melhor o globo ocular. Para uma ajuda a longo prazo tente durante os fins de semana e as férias evitar olhar para telas, até mesmo a televisão.

3. Tensão na mandíbula e dores de cabeça. Presionar a mandíbula é umas das principais respostas ao estresse, pois prepara o corpo para a auto-proteção, aumentando o fluxo sanguíneo para as têmporas para criar a maior vigilância para conseguirmos entender do que precisamos para a sobrevivência quando a vida sofre algum tipo de desafio. Mastigar aipo não só é um bom treino para a mandíbula, como acalma o sistema nervoso, ajudando a reduzir os sinais de estresse na região. Massagear as têmporas e a testa também podem ajudar a aliviar o estresse e a dor de cabeça.

4. Cólicas e/ou dor no abdômen. A barriga está em constante comunicação com o cérebro para orientar o modo como reagimos aos estímulos externos (e internos). Acalmar o seu sistema nervoso irá acalmar também a região da barriga. Deite-se com as pernas dobradas, mas sente-se confortavelmente (e longe de telas) se precisar e coloque as mãos confortavelmente na parte inferior do seu abdômen – com os dedos soltos para permitir o movimento natural da barriga enquanto respira. Sinta a sua respiração calma na barriga, solte a mandíbula e suspire na expiração.

5. Ficar irritado, intolerante e zangado. Sentir-se nesse estado constantemente ou durante um longo período de tempo pode arruinar a sua saúde mental e física. Sempre que se sentir assim retire-se dessa situação e procure algum espaço, coloque uma mão na barriga e outra no coração e respire fundo até se acalmar.

Comentários
Carregando