Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conheça os vinhos brancos do Douro

0

A degustação dos vinhos brancos do Douro foi daquelas provas que surpreendem os próprios provadores. Mensalmente, ao chegar ao painel de provas de vinho da revista Menu, os degustadores convidados ficam sabendo do tema escolhido e logo começam a avaliar as bebidas, sempre às cegas – sem saber qual amostra corresponde a qual vinho. Nesta ocasião, eu relevei apenas uma informação: são vinhos elaborados em uma única região produtora.

E assim, as 19 taças começaram a ser servidas. Enquanto degustavam e avaliavam o branco, os degustadores davam os seus palpites. Para mim, que sabia qual era o tema, muito interessante perceber como os degustadores levantavam características do vinho, elogiavam as amostras, mas não lembravam do Douro. E isso tem uma explicação: ao norte de Portugal, o Douro foi primeiro conhecido pelos seus vinhos do Porto. Depois, no final do século passado, vieram os grandes tintos de mesa. A descoberta dos brancos é mais recente. Mas, pelo resultado da degustação, publicado na Menu de verão (edição 214), são vinhos para se prestar muita atenção.

E para quem quer saber mais sobre o tema, segue o quiz, com dez perguntas sobre estes vinhos:

1) São castas brancas cultivadas no Douro:

a) esgana cão, folgasão, rabigato e viosinho
b) donzelynho, rabigato, arinto e terrantez
c) bastardo, folgazão, ainto e sercial

2) A serra do Marão, com 1.415 metros, é importante para a viticultura do Douro por que:

a) impede a chegada de doenças aos vinhedos
b) permite o plantio de vinhedos em seus cumes
c) protege a região da umidade do oceano Atlântico

3) Caracterizada como uma região quente, as vinhas do Douro com variedades brancas tendem a ser cultivadas:

a) o mais próximo possível ao rio
b) nas encostas mais altas
c) misturas com as variedades tintas, que são mais resistentes e protegem as brancas do calor

4) No Douro Superior, alguns vinhedos chegam a ser cultivados

a) a mais de 1.300 metros do nível do mar
b) entre 500 e 600 metros do nível do mar
c) não ultrapassam os 300 metros do nível do mar

5) A variedade portuguesa rabigato é uma uva que:

a) permite elaborar brancos mais encorpados, como os grandes tintos
b) traz acidez para os vinhos do Douro, principalmente no Douro Superior
c) é conhecida por suas notas aromáticas, lembrando lichias e maracujá

6) São características da viosinho:

a) a dificuldade de se adaptar aos vinhedos de solo xistoso, mas produtores insistem em plantá-la pelo frescor que traz ao vinho
b) a boa adaptação aos vinhedos de altitude e necessidade de ser misturada com outras cepas pela sua facilidade de oxidação
c) a necessidade de ser cultivada na beira do rio

7) Os melhores brancos do Douro:

a) tendem a nascer de vinhas velhas, com variedades plantadas misturadas
b) são todos varietais, elaborados com uma única cepa
c) são todos originais da sub-região de Baixo Corgo

8) Para obter brancos frescos, os enólogos do Douro:

a) procuram solos de xisto e colhem a uva a mais madura possível
b) apostam em vinhedos de altitude e em variedades internacionais, mais adaptadas ao frio
c) procuram solos graníticos, colhem mais cedo e utilizam barricas usadas

9) Entre os grandes brancos do Douro, destacam-se:

a) Redoma Reserva e Muros de Melgaço
b) Guru e Barca Velha
c) Redoma Reserva e Guru

10) Sobre os Portos Brancos é possível afirmar:

a) os melhores são os brancos vintage
b) podem ser elaborados com indicação de origem (10, 20, 30 e 40 anos)
c) foi o sucesso desses vinhos que levou a elaboração de vinhos do Porto tintos

fontes: IVDP, jancisrobinson.com, Uvas y viños

RESPOSTAS

1 – A Donzelinho e bastardo são variedades tintas

2 – C A serra do Marão protege o Douro da umidade do Atlântico

3  B Os enólogos procuram vinhedos de altitude para aproveitar o vento e o clima mais frios

4 – C Entre 500 e 600 metros do nível do mar, altitude considerada bem alta para a região

5 – B A cepa branca rabigato é muito utilizada no Douro pelo seu poder de manter a acidez dos vinhos

6 – B A viosinho é uma uva que se dá bem nas zonas mais altas do Douro. Como oxida fácil, é mesclada com rabigato e gouveio

7 – A Esses vinhos nascem, em sua maioria, de vinhas velhas, de mais de 50 anos, todas plantadas misturadas

8 – C Muitos enólogos estão a procura de solos graníticos. Também colhem a uva mais cedo, antes de sua completa maturação e utilizam madeiras usadas, que não vão marcar o vinho

9 – C O Redoma Reserva, de Dirk Nieeport foi o pioneiro em obter altas pontuações. O Guru obteve 18, de uma escala de 20, de Jancis Robinson

10 – B Não há, ao menos por enquanto, Portos Brancos Vintage, apenas os com menção de reserva e de indicação de idade

Revista Menu – Suzana Barelli

Comentários
Carregando