Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conheça a trajetória de Charlie Sheen, abusos, fama e escândalos

0

Ator de “Two And A Half Men”, Charlie Sheen sempre teve sua intimidade exposta na mídia e ele deu motivos para isso; confira as principais polêmicas

Em novembro do ano passado, o ator Charlie Sheen revelou ao mundo que é HIV positivo e, desde então, a vida do astro de “Two And A Half Men” sofreu uma reviravolta marcada por processos, término de contrato, conta bancária negativa e surto da ex-mulher.

Com uma trajetória de sucesso na televisão, a intimidade do ator sempre esteve exposta na mídia. E ele deu motivos para isso. Em 1990, o ator, que adora armas, atirou sem querer no braço de sua noiva, Kelly Preston. Com o acidente, ela terminou o relacionamento.

Conhecido por namorar estrelas pornôs, Sheen foi chamado para testemunhar no julgamento de Heidi Fleiss, cafetina de Hollywood. Sob juramento, assumiu ter gasto quase US$ 50 mil em 27 prostitutas agenciadas pela cafetina.

Charlie Sheen tem uma vida de excessos
Charlie Sheen tem uma vida de excessos

Em maio de 1998, Sheen injetou cocaína na veia e teve uma overdose. Ele foi hospitalizado, mas recebeu alta em seguida. Ele então foi enviado a uma clínica de reabilitação.

O ator casou-se pela segunda vez em 2002 com a atriz Denise Richards, após conhecê-la durante as gravações de “O Segredo do Sucesso” (2001). Eles tiveram duas filhas, Sam e Lola Rose, nascidas em 2004 e 2005, respectivamente. Porém, o casal se separou antes do nascimento de Lola. A atriz pediu o divórcio alegando que ele abusava de drogas e a ameaçava.

Charlie Sheen está sempre envolvido em escândalos
Charlie Sheen está sempre envolvido em escândalos

O terceiro casamento de Sheen foi em 2008, com Brooke Mueller. O casal teve dois filhos gêmeos, Bobe e Max, em 2009. No mesmo ano em que os gêmeos nasceram, o ator foi preso acusado de violência doméstica e de ameaçar sua mulher. Ele foi liberado após pagar US$ 8.500 de fiança.

O ator foi condenado a passar 30 dias em uma clínica de reabilitação, 30 dias de condicional, 36 horas de terapia para “administrar a raiva” e foi proibido de portar armas para o resto da vida.

O ano de 2010 também foi bastante atribulado para Sheen. Em fevereiro, o ator anunciou que faria uma pausa nas gravações de “Two And a Half Men” para, por vontade própria, se internar em uma clínica de reabilitação. Em maio, ele voltou ao programa ganhando US$ 1,8 milhão por episódio filmado.

Em outubro, a polícia foi chamada após ele depredar a suíte do hotel em que estava em Nova York. Na ocasião, ele admitiu que havia bebido e usado cocaína. O ano terminou com a entrada no divórcio de Brooke.

Em janeiro de 2011, Sheen foi levado ao hospital sentindo fortes dores abdominais. No dia seguinte, começou um programa de reabilitação em sua casa, e a rede CBS anunciou que as gravações de “Two And a Half” seriam suspensas provisoriamente. Porém, a gravação desta temporada acabou sendo cancelada. O motivo: as ofensas de Sheen ao criador e roteirista da série.

Charlie Sheen, astro está sempre metido em confusões
Charlie Sheen, astro está sempre metido em confusões

As festas de mais de 24 horas com atrizes pornô regadas a muita cocaína eram rotina antes de ele descobrir a doença. Em entrevista, o ator classificou suas festas como “épicas”, e disse que estava dando oportunidades únicas a seus participantes.

Sobre as drogas, ele afirmou que chegou a fumar sete pedras de crack por dia. “Sobrevivi porque eu sou eu, tenho uma constituição diferente, um cérebro diferente, um coração diferente”, disse em entrevista.

Outro episódio diz respeito às suas namoradas. Aparentemente, Sheen estaria vivendo com a sua ex-mulher, com a atriz pornô Bree Olsen e com a ex-babá Natalie Kenly ao mesmo tempo. Os quatro chegaram a viajar juntos às Bahamas, mas Brooke voltou aos Estados Unidos assim que chegou à ilha caribenha.

O material é do IG

Comentários
Carregando