Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Conselho de Ética arquiva processos contra “deputado da tatuagem”

“Ele não cometeu nenhuma infração, nenhum ato que mereça ser julgado”, afirmou o relator do caso Laerte Bessa (PR-DF)

0

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados arquivou na tarde desta terça-feira (5/12) duas representações contra Wladimir Costa (SD-PA), conhecido nacionalmente por ter feito uma tatuagem temporária em homenagem ao presidente Michel Temer. Numa das ações por quebra de decoro parlamentar, Costa era acusado pelo PSB de assédio a uma jornalista.

O relator Laerte Bessa (PR-DF), que havia inicialmente apresentado um parecer favorável ao prosseguimento do processo por quebra de decoro parlamentar, hoje mudou de ideia e defendeu que o processo fosse arquivado. “Ele não cometeu nenhuma infração, nenhum ato que mereça ser julgado”, discursou Bessa, um dos membros da bancada da bala na Casa. A representação foi arquivada por oito votos a favor e cinco contra.

Comentários
Carregando