fbpx
Coronel informa resgate de sem terras por PMs em Chupinguaia

O comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Vilhena, Coronel Paulo Sérgio Vieira Gonçalves, afirmou que policiais do distrito de Novo Plano, sob comando do Cabo PM Paulo Sérgio Duarte, foi quem localizou e resgatou os dois homens que estavam desaparecidos, após a invasão da fazenda do empresário vilhenense Hiládio Candido Senn, conhecido como “Nego Zen”, localizada na região de Boa Esperança, distrito de Chupinguaia.

De acordo com o comandante, é mentirosa a versão dos membros da Liga dos Camponeses Pobres de Rondônia e Amazônia Ocidental (LCP), no qual informaram ser eles quem teriam encontrado e resgatado os rapazes desaparecidos.
Gonçalves relatou que ao receber a denúncia colocou a guarnição do distrito em ação, onde os militares foram até ao acampamento e depois na sede da fazenda, e em contado com um homem que disse ser irmão do proprietário falou que os homens estavam lá. Mas não haviam sido sequestrados.

Daniel Sfalsini e Paulo Sérgio, foram trazidos pela PM para Vilhena, onde foi feito boletim de ocorrência e depois foram ouvidos pelo delegado de plantão e liberados.
Um homem que se apresentou como sendo genro do “Nego Zen” esteve no quartel da PM e disse que já foram tomadas as devidas providencias jurídicas para reintegração de posse da área invadida.

Fonte: Extra de Rondônia

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta