Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

“Corrupção passou a ser espantosa regra”, diz ministro do STF em seminário

0

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso afirmou nesta quarta-feira (29) que a corrupção se tornou a “espantosa regra” por causa da impunidade e disse que a sociedade brasileira não tolera mais esse fato.

“Corrupção, sonegação, lavagem de dinheiro passaram a ser a espantosa regra”, disse, durante seminário realizado pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), em Brasília, para discutir grandes casos criminais do Brasil e da Itália.

E completou: “O errado virou a regra e todo mundo passou a operar nessa regra”. Para ele, ainda há uma cultura no Brasil que valoriza a corrupção. O ministro deu o exemplo de duas empresas, na qual em uma seu funcionário investe em baratear os custos para aumentar o lucro, enquanto outra tem um empregado que possui proximidade com agente público e paga propina.

“Nós vivemos ainda em um país em que esse segundo funcionário é mais valorizado do que o primeiro”, afirmou Barroso.O ministro voltou a defender o fim do foro privilegiado e afirmou que o Supremo não está preparado para instruir e julgar ações penais como uma primeira instância.

“O prazo médio para recebimento de uma denúncia no Supremo é de 617 dias. Isso é um escândalo”, disse Barroso. Com informações da Folhapress.

Comentários
Carregando