fbpx

A pauta de reivindicação dos presos amotinados da Casa de Detenção Dr. José Mario Alves da Silva – Urso Branco é bastante simples, entretanto coloca em xeque o controle que o Estado tem sobre o apenados que se encontra sob sua responsabilidade.

Os amotinados, querem que o atual diretor do presídio, Célio Lima, seja afastado do presídio. Segundo o presidente do SINGEPERON, os presos pedem essa troca porque “o Diretor, Célio Lima, faz o possível e impossível para que não haja, dentro do presídio, Armas, drogas e celulares. Mesmo sob constante ameaça de morte e com baixo efetivo o diretor não quer deixar que o crime organizado tome conta do presídio”.

O Singeperon, sindicato que representa  categoria dos servidores da SEJUS, é contra a troca do diretor. O presidente do Singeperon, Anderson Pereira, questiona o Estado caso acate esse pedido, “Se a Sejus acatar esse pedido, o Estado vai demonstrar que deixa criminosos mandar no presídio de segurança máxima”.

Ainda existe cerca de 30 visitantes dentro do presídio.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta