Criado um aparelho que auxilia a pessoa com deficiência volte a andar

A tecnologia e a inovação podem ajudar – e muitos – pessoas com algum tipo de deficiência. E esse parece ser um bom campo para empreendedores de todas as partes do mundo. O principal desafio é ter dinheiro para investir no desenvolvimento do produto e, o principal, o item ser de fundamental importância para quem realmente tem um problema.

A Indego Exoskeleton parece ter chegado lá. Os empreendedores por trás da iniciativa criaram um dispositivo que ajuda uma pessoa com sérias lesões na espinha dorsal – ou problemas motores, por exemplo – a andar novamente. O vídeo abaixo mostra o produto em uso por um paciente que teve uma série lesão em 2002.

De acordo com um dos fundadores da empresa, Ryan Farris, o produto melhora a qualidade de vida de pessoas que só conseguem se locomover por meio de uma cadeira de rodas porque, com a locomoção que o aparelho permite, ele elimina uma parte dos problemas de saúde relacionados ao fato da pessoa ter seus movimentos limitados.

Os empreendedores por trás da iniciativa pretendem iniciar a venda logo do produto, em fase final de testes. Clínicas especializadas, segundo o site da Fast Company, poderão comprar três aparelhos por US$ 150 mil – uma unidade custará US$ 75 mil. Paciente poderão comprar o aparelho a partir de 2015.

Fonte: Estadão

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta