As coisas andam realmente distorcidas aqui em Rondônia. Tanto a prefeitura de Porto Velho quanto o governo do Estado deram início à campanhas de vacinação contra a gripe H1N1, que é fatal. O problema que a população, que vem sendo acometida de uma epidemia de gripe, anda buscando essas vacinas em postos de saúde e recebe a informação que “apenas as prioridades podem ser vacinadas” ou que “a meta já foi atingida”. Entre as “prioridades” estabelecidas pelas autoridades de saúde estão os presos. Isso mesmo, todos eles já estão devidamente vacinados contra a H1N1 e prontos para ganharem as ruas saudáveis e gordinhos, enquanto você que está lendo isso e não está preso, vai ser assaltado mesmo estando gripado. Pior, nem vai poder contaminar o bandido. Mas, no Brasil, um país de todos, é assim mesmo, a gente trabalha, paga a conta e ainda é roubado.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta