Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

De calcinhas mijadas a fezes de dominatrix; 8 fetiches bizarros à venda na net

0

Listamos os oito fetiches sexuais mais estranhos

Os seres humanos buscam novas formas de encontrar a excitação, alguns mediante práticas extremas como o sadomasoquismo, outros por intermédio de prendas [objetos] provocadoras, e alguns por meio de exibicionismo. Mas há outra forma de obter prazer e esta é através dos fetiches. Estudos revelam que todos os seres humanos, de um modo ou de outro, têm algum tipo de fetiche.

As pessoas às vezes não confessam aos parceiros quais seus fetiches, então, no momento do sexo, usam a imaginação.

1. Super-heróis de pelúcia que “dormiram” com irmãs gêmeas

Allie e Lexie Kaplan, de 22 anos, arranjaram uma maneira inusitada de arrecadar uma grana extra: elas dormem com bonecos de pelúcia, compartilham imagens das noites de sono no Instagram e depois vendem os brinquedos por exorbitantes US$ 333 – quase R$ 1100!

Elas garantem que os personagens cheiram como elas, sendo que os brinquedos são assinados e incluem até um certificado de autenticidade emitido pelas duas.

Irmãs gêmeas dormem com bonecos de pelúcia antes de vendê-los

2. Colchas utilizadas por estudantes chinesas

O chinês Long Yi fez uma fortuna no ano passado ao comercializar colchas usadas por suas colegas mais populares da faculdade. A inspiração veio de uma venda feita por uma estudante de pós-graduação, feita poucos minutas após a moça publicar o anúncio na internet. Yi gastou uma grana comprando várias colchas e distribuindo entre suas veteranas. Logo no primeiro dia, o empreendedor arrecadou US$ 1,6 mil!

Justificativa dos compradores é que eles se sentem próximos das meninas mais
populares da universidade

3. Acessórios de aeromoças

Agora, se o seu fetiche é por aeromoças, você pode adquirir sapatos e meias utilizados por funcionárias de companhias aéreas. A maioria delas vende quando os calçados já estão com um “cheirinho”, fazendo a alegria de quem se interessa por elas. O requisito básico é que as mulheres tenham usado as peças durante algum voo. Curioso, hein?

Antes de jogar fora seus sapatos, pense se não vale a pena arranjar uma boa
grana por eles

4. Calcinhas de universitárias

A universitária Kay, de 21 anos, estava com uma dívida acumulada por conta de empréstimos estudantis. A maneira que ela achou para pagar esses financiamentos foi inusitada: vendendo suas calcinhas usadas. Cada peça custa a partir de US$ 37 (R$ 120). Kay também vende sutiãs usados e chega a ganhar US$ 44 (R$ 143) por cada um! Ela descreve seu perfume natural como intoxicante, doce e almiscarado, além de atender pedidos especiais, como calcinhas sujas de xixi ou usadas durante uma masturbação – nesses casos, o preço é bem maior.

Pedidos especiais, como calcinhas mijadas, custam mais caro

5. Meias usadas

Você fica frustrado quando ganha pares de meias no Natal ou no aniversário? Então saiba que existem pessoas que compram meias sujas de mulheres latinas ao custo de US$ 25 (mais de R$ 80!). As mulheres garantem que vestem os pés durante alguns dias antes de vender as meias, que são enviadas com aquele chulezinho inesquecível. Teve uma moça que relatou ter acumulado mais de US$ 10 mil dólares nesse comércio diferente.

Chulé pode render uma grana graúda

6. Cocô de dominatrix

Ceara Lynch estava acostumada a “humilhar” homens com seu desempenho de dominatrix. Ela já estava ganhando bastante dinheiro dessa maneira quando ampliou seu leque de negócio: passou a vender calcinhas usadas, mechas do seu cabelo e até cocô! Ela chega a cobrar US$ 5 mil por cada envio para um admirador. Nada menos que R$ 16 mil!!! E você aí mandando uma fortuna descarga abaixo…

Dominatrix tem feito sucesso ao vender suas fezes

7. Máquinas de calcinhas usadas

Se você estava achando que o lance de vender calcinhas usadas era algo que só acontecia na ficção (“Orange is the Ne Black”, alguém?), saiba que essa prática é antiga! No Japão, existiram até máquinas de cigarros que foram adaptadas para vender calcinhas usadas, só que elas foram proibidas em 1993. Mesmo assim, máquinas clandestinas ainda podem ser encontradas à venda.

Comércio ilegal de calcinhas usadas no Japão

8. Cueca com cheirinho do Havaí

Agora um produto para alegrar principalmente as mulheres e os gays: cuecas com aroma do Havaí! A parte boa é que elas nunca foram usadas, mas ficaram pelo menos 48 horas penduradas em um varal na mais famosa ilha dos Estados Unidos. Cada peça custa US$ 60, ou seja, quase R$ 200. Vale mais a pena comprar uma cueca de grife, não?

Cuecas boxer com a brisa do Havaí (Fotos: Reprodução)

Fonte: MegaCurioso

Comentários
Carregando