fbpx
Defenestrado do cargo por impeachment, Collor apresenta “plano de governo” a Temer

Collor foi expulso da presidência da República tal qual está sendo Dilma Rousseff

“O Brasil vive uma rara conjugação de crise política com crise econômica e crise ética”, começa o documento assinado pelo ex-presidente Fernando Collor de Melo, atualmente senador e líder do chamado bloco moderador (PTB-PR-PSC-PRB-PTC), com ideias sobre reformas em áreas como economia, meio ambiente e política social.

Collor foi expulso da presidência da República tal qual está sendo Dilma Rousseff, pelo mecanismo do impeachment, com a diferença que ele foi flagrado em diversos crimes de corrupção e ela acusada de crimes de responsabilidade. Ficou inelegível e anos depois voltou ao senado graças a complacência (e currais eleitorais em Alagoas), recentemente teve carros e bens apreendidos em operação da polícia federal que investiga pagamento de propina a políticos. O mesmo Fernando Collor que confiscou a poupança de milhares de brasileiros agora tem um “plano para salvar o país”.

Se Michel Temer tiver um pingo de juízo, ele vai ignorar completamente essas “alternativas” construídas por um sujeito cujo passado e presente, não são dignos de um país que busca, de fato, renovação. A foto é de divulgação.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta