fbpx
Delegado da Polícia Civil do DF é demitido por estelionato

Publicação no Diário Oficial não detalha motivos da demissão. Em 2012, ele foi preso em ação contra parcelamento irregular do solo

delegado Severo Benício dos Santos, da Polícia Civil do Distrito Federal, foi demitido nesta quarta-feira (8), por determinação do governador Rodrigo Rollemberg. Segundo a publicação do Diário Oficial que trouxe a saída dele da corporação, ele caiu por prática de estelionato. O texto não dá detalhes do caso que motivou a demissão.

Procurada, a Polícia Civil afirmou que ele deixa a corporação após uma investigação conduzida pela própria Corregedoria. “O delegado estava respondendo processo administrativo, ficou afastado por um tempo e retornou por determinação judicial, mas sem desenvolver atividades fins”, declarou a corporação, que tampouco detalhou os motivos.

Mulher morre ao tentar desarmar delegado em briga por amante

Em 2012, Santos foi preso preventivamente por suspeita de corrupção passiva, extorsão e estelionato em uma operação que apurava grilagem e parcelamento irregular do solo.

De acordo com as investigações, ele recebia dinheiro de três pessoas para que não investigasse o esquema de loteamento ilegal, enquanto estava à frente da 12ª DP (Taguatinga Centro).

Ele foi detido porque testemunhas no processo se diziam ameaçadas por causa da função dele. O policial foi liberado pouco depois porque a Justiça entendeu que ele não apresentava risco à vida dos denunciantes, já que ele teria entrado em contato com as testemunhas só uma vez, ainda em 2011.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta