fbpx
Depois de Doria, Alckmin também mira dinheiro árabe

Governador recebe representantes de fundo estimado em 900 bilhões de dólares.

Depois de João Doria ouvir elogios de um príncipe em viagem ao Oriente Médio, é a vez do governador Geraldo Alckmin mirar nos petrodólares

Nesta quarta (15), ele recebe em São Paulo representantes do fundo ADIA, o maior dos Emirados Árabes, com reservas estimadas em 900 bilhões de dólares, ou 2,9 trilhões de reais.

A missão ficará dois dias na cidade para entender as perspectivas do mercado brasileiro. No dia 17, os representantes seguem para o Rio de Janeiro.

Fonte: Radar on line

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta