fbpx
Deputado afirma que “novela da iluminação da BR 364” tem prazo para acabar

A novela é antiga, e se arrastava em capítulos intermináveis, mas parece que agora finalmente vai ter um encerramento, e em grande estilo. A iluminação do trecho duplicado da BR 364, entre Candeias do Jamari e o Campus da Unir, em Porto Velho deve ser concluída a um custa total de R$ 9,7 milhões, com recursos já assegurados junto ao Ministério dos Transportes, segundo anunciou o deputado federal Luiz Cláudio (PR).

De acordo com o novo projeto, que deve ser licitado para ser iniciado em 2018, as luminárias terão suporte para rede wi-fi e as lâmpadas serão de LED, que reduzem o gasto de energia e são mais duradouras. As novidades foram anunciadas essa semana pelo prefeito de Porto Velho e o deputado, em solenidade na capital. Para Luiz, “essa é a solução definitiva de um problema que incomoda à população há anos”. E o deputado tem razão nesse ponto.

Já foram feitos vários projetos de iluminação, e anunciados, mas nenhum foi concretizado. Em setembro de 2013, por exemplo, o então prefeito Mauro Nazif anunciou que “o projeto de iluminação da BR-364, entre a Avenida Campos Sales ao Campus da Unir, seria feito pelo município que assumiria os custos de manutenção, enquanto ao Dnit caberia executar o projeto”. Na época, a ideia era colocar fiação no alto dos postes, já que por duas vezes ladrões furtaram a rede subterrânea.

Em março do ano passado, a mesma prefeitura, ainda sob o comando de Nazif, anunciou a “doação” de dois projetos pela Fecomércio,  que previa um sistema de iluminação fotovoltaica a energia solar, onde a Prefeitura entraria, pós implantação, com a manutenção”.

Obviamente nenhum saiu do papel, já que a rodovia continua às escuras.

“Roubo de cabos”

De acordo com a prefeitura (a confusão começou na gestão de Roberto Sobrinho) e o DNIT, o maior problema da iluminação da BR 364 é que pessoas roubam os fios, deixando a rodovia escura. Em 2015, um homem de 42 anos foi detido quando tentava furtar fios de cobre da iluminação pública da rodovia BR-364. Após uma denúncia anônima, o homem foi localizado no quilômetro 8 da BR-364 tentando retirar os fios que ficam embaixo das muretas que dividem a rodovia, por meio de uma tubulação. Mas outros casos também foram registrados. Em função desses incidentes, o poder público deixou de buscar soluções alternativas e o problema se manteve.

Mas, segundo o deputado Luiz Cláudio, esse problema também será solucionado com o novo projeto, que será moderno e vai contar com equipamentos avançados. Conhecido como “iluminação inteligente”, além de reduzir ou aumentar a intensidade das lâmpadas de acordo com o fluxo de veículos, o sistema também vai contar com câmeras de segurança com imagens de qualidade digital, permitindo a identificação de quem andar pelas proximidades dos postes.

De acordo com Luiz Cláudio, em 100 dias obras estão concluídas

“100 dias”

Em um vídeo que postou essa semana em suas redes sociais, Luiz Cláudio estabeleceu um prazo de 100 dias para que algumas obras dos viadutos de Porto Velho estejam concluídas. Segundo ele, os avanços estão acontecendo em função do ministro dos Transportes ser indicação de seu partido, o PR, que vem priorizando as obras na capital de Rondônia. Veja o vídeo com o compromisso do parlamentar em concluir os trabalhos nesse prazo.


Obras dos viadutos em Porto Velho por painelpolitico

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta