Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Deputado é preso pela PF em Mato Grosso

0

O deputado José Geraldo Riva (PSD) e o ex-secretário de Fazenda e Casa Civil, Eder Moraes, foram presos na manhã desta terça-feira na Operação Ararath, desencadeada pela Polícia Federal. Agentes federais estão em vários pontos da cidade, com mandados de busca e apreensão. Uma equipe se encontra no edifício Maruaña, na Avenida do CPA para fazer buscas em salas de advogados.  

Esta é a quinta etapa da operação e segundo informações de agentes federais, a operação está sendo realizada em vários pontos da cidade, inclusive em casas de políticos. Fala-se que até o apartamento do governador Silval Barbosa foi visitado. A Polícia Federal não confirmou a informação. Fala- se também que agentes se encontram no Palácio Paiaguás, em busca e apreensão de documentos no gabinete do governador Silval Barbosa e até na residência do conselheiro do Tribunal de Contas, Sérgio Ricardo.  

O deputado estadual José Geraldo Riva e Eder Moraes, os primeiros a serem presos na Operação Ararath foram conduzidos para o prédio da PF em Cuiabá e devem ser encaminhados até o final da manhã para Brasília.

Agentes Federais continuam no prédio Maruanã e já com um chaveiro contratado para entrar em salas do 15º e 16º andares, onde funcionam a Ortolan Importações e Exportações, do empresário Alex Giovano Ortolan e a Intercotton uma corretora de seguros  

Na Ortolan Importações e Exportações, os agentes vão fazer buscas e apresenção nas salas 1507, 1508 e 1509. O empresário, segundo os agentes que continuam na porta do prédio é também acusado de ser dono de factoring. Já no 17º andar, os agentes se preparam para entrar na Intercotton, corretora de seguras que está instalada nas salas 1706, 1707 e 1708  

Uma equipe da Polícia Federal também está em um outro prédio da Avenida Historiador Rubens de Mendonça, onde funciona o escritório de Eder Moraes para investigação. Lá os agentes tiveram de fazer uso de um chaveiro para abrir a porta e cumprir o mandado de busa e apreensão.  

Empresário testemunha na PF  

O empresário  do ramo de comunicação, Pérsio Briante, proprietário do jornal Circuito Mato Grosso, foi levado no começo da manhã até o prédio da Polícia Federal. Ele prestou informações como testemunha na Operação Ararath e logo depois foi liberado.  

Busca e apreensão na Prefeitura de Cuiabá

Nem mesmo a Prefeitura de Cuiabá escapou da ação da Polícia Federal nesta manhã de terça-feira. Vários agentes chegaram por volta das 8h20 ao prédio da prefeituara, na Praça Alencastro e subiram para vários andares, inclusive o 7º, onde fica o gabinete do prefeito Mauro Mendes para a realização de busca e apreensão de documentos.  

EX-PREFEITO TAMBÉM É PRESO  

O ex-prefeito de Cuiabá, Anildo Lima Barros, dono de uma construtora que está trabalhando em obras da Copa do Mundo em Cuiabá, também é um dos presos na Operação Ararath. Ele chegou acompanhado de agentes da PF, na sede da Polícia Federal por volta das 8h50, e foi imediatamente levado para dentro do prédio.

As informações são do 24horasnews.com.br

 

Comentários
Carregando