Ao invés de criar políticas públicas de conscientização do consumo de água e incentivo aos cidadãos e empresas comprometidas com a causa, no país, os Deputados Federais preferiram que as empresas privadas fossem obrigadas à inserir um pequeno alerta nas embalagens de seus produtos.

O problema é que o brasileiro não tem o hábito de ler embalagens ou bulas, e assim o programa de conscientização pode não surtir os efeitos necessários, diante da crise hídrica que existe.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 1462/07, do Senado, que obriga a inserção de alerta sobre o risco de escassez de água e incentivo do seu consumo moderado nas embalagens de produtos de limpeza. A emenda aprovada, obriga a divulgação, nas embalagens destes produtos, do seguinte alerta: “Água: pode faltar. Não desperdice”.

Painel Político, principal fonte de informações políticas de Rondônia. Com noticiário completo sobre economia, variedades e cultura.

Deixe uma resposta