Destroços do avião que sumiu com 104 pessoas são achados em Myanmar

Destroços de um avião militar foram encontrados no mar em Myanmar, de acordo com informações do Exército passadas à agência de notícias AFP. A aeronave desapareceu por volta das 7h, quando voava de Myeik para Yangon.

Funcionários informaram à agência de notícias AFP que os restos da aeronave Shaanxi Y-8, construídos na China, foram recuperados da água. A aeronave deixou a cidade costeira de Myeik no início da tarde com destino à maior cidade de Mianmar, Yangun, mas perdeu contato aproximadamente 32 quilômetros a leste da cidade de Dawei sendo declarada como desaparecida, segundo as Forças Armadas.

Em entrevista à agência “AFP”, o general Myat Min Oo afirmou que o avião era um modelo Y-8 fabricado na China e que carregava 90 passageiros – sendo a maioria familiares de militares – e 14 membros da tripulação, totalizando 104 pessoas. A informação anterior apontava para 116 pessoas a bordo.

Em entrevista ao canal, Kyaw Kyaw Htey, um funcionário da aviação civil no aeroporto de Myeik, disse que o tempo estava bom na região para o voo. “Não sabemos o que aconteceu exatamente com este avião após a perda de contato. Sabemos apenas que o tempo estava normal e havia boa visibilidade. Acreditamos em uma possível falha técnica”, disse.

De acordo com a mídia local, os aviões são usados ​​para voar famílias militares baseadas em locais remotos para cidades uma vez por mês.

Fonte: extra.globo

News Reporter

Deixe uma resposta