Detentos serram grades e fogem de presídio inaugurado há uma semana em RO

Uma semana depois de ser inaugurado, 11 presos serraram as grades de duas celas e fugiram do novo Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO), que custou R$ 10 milhões. De acordo com a Polícia Militar (PM), um dos apenados feriu a perna ao passar pela concertina da grade de proteção, na noite de quinta-feira (3). Na ocasião, o suspeito caiu do muro de seis metros e foi levado ao Hospital Regional do município.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais foram informados que havia ocorrido uma fuga em massa no presídio. Ao chegar na localidade, os militares constataram 11 presidiários tinham serrado a grade e fugido da unidade prisional.

Na ocasião, os agentes penitenciários informaram que antes da fuga eles ouviram o barulho de um disparo de arma de fogo.

O tiro foi efetuado por um policial responsável pela segurança da guarita no local, na tentativa de conter a fuga.

Os seis agentes penitenciárias que estavam de plantão na localidade correram até onde ele estava para verificar o ocorrido.

Ao verificar as celas da unidade prisional, foi constatado que os apenados das celas B23 e B24, haviam serrado as grades das celas e fugido do local após pular as três grades de proteção do Centro de Ressocialização.

Fuga ocorreu entre a noite de quinta-feira (3) e esta sexta (4) (Foto: WhatsApp/Reprodução)

Foi solicitado o reforço de outras guarnições policiais e de agentes penitenciários que estavam de folga para se deslocarem até presídio para prevenir uma nova fuga e manter a segurança da unidade.

Com a chegada do reforço, se constatou que um dos detentos, de 33 anos, ao tentar passar pela concertina de uma das grades de proteção da unidade prisional sofreu um corte na perna e posteriormente teve uma queda de aproximadamente seis metros.

Os policiais contiveram o apenado e o encaminhara até o Hospital Regional de Ariquemes para receber atendimento médico.

Parte das grades serradas pelos presos (Foto: WhatsApp/Reprodução)

G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus), a qual informou que emitirá uma nota oficial durante o período da tarde acerca da fuga dos presos na unidade prisional.

Fugitivos recapturados

Dois fugitivos, sendo um de 20 anos e outro de 21, foram recapturados após uma denúncia anônima na madrugada desta sexta-feira (4), próximo a um posto de combustível no trevo da BR-364 com a Avenida Jaru.

Dois agentes penitenciários localizaram e imobilizaram os apenados no local e acionaram a PM, que os reconduziram até a unidade prisional.

Por volta das 11h desta sexta-feira, outro detento, de 30 anos, foi recapturado pelo Núcleo de Inteligência da PM no desvio do Travessão B-40, da BR-421, em Ariquemes. O apenado foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) do município para realizar o exame de corpo de delito e posteriormente reencaminhado a unidade prisional.

Superlotação da nova unidade prisional

Depois de nove anos de obras e com diversas paralisações durante a construção, O Centro de Ressocialização foi inaugurada no dia 27 de julho.

O novo espaço prisional tem capacidade para receber até 230 apenados e custou R$ 10 milhões. A unidade prisiona l começou ser feita em 2008 e deveria ter sido entregue em 2010.

A parte entregue tem 24 celas, para 8 presos cada. Ainda foram feitas salas de triagem, isolamento, área de convivência, visitas íntimas e atendimento jurídico e psicológico.

Conforme os agentes penitenciários, a nova unidade ainda não possui condições de estar em funcionamento e os detentos e os 460 apenados que cumpriam pena na Casa de Detenção, foram deslocados a nova unidade prisional.

Fonte: g1/ro

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta