Diário Oficial publica receita de peixe; SETUR não tem mais o que fazer

Primeira página mostra como fazer um “pirarucu oficial”

Tem duas figuras no governo de Confúcio Moura que não deveriam ocupar cargos na estrutura governamental, uma delas é Júlio Olivar. Ele, que tal qual seu amigo Emerson Castro parecem não ter ocupação específica, está sempre inventando moda. A última foi querer mostrar serviço com o pirarucu.

Há cerca de dois meses que a secretaria de Turismo do Estado parece não ter outro assunto, a não ser o tal “pirarucu Rondon”, que já virou galhofa em conversas pela cidade. Agora, para “oficializar” a lambança, Olivar e sua trupe resolveram publicar a receita no Diário Oficial do Estado, incluindo a sugestão de “harmonização” do prato, que deve ser um”bom vinho com este prato cheio de doçura e aromas, um bom Espumante Brut, Demi-seco ou um bom vinho branco seco frutado jovem”.

Portanto caro leitor portovelhense, caso você ainda não saiba, o pirarucu é o prato oficial da capital. Agora que todo mundo já sabe, a SETUR poderia parar de brincar de casinha e começar a mostrar serviço de verdade.

Para quem acha que não estou falando sério, está AQUI, no DIOF do dia 19.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Participe do debate. Deixe seu comentário