Documentos da Odebrecht listam mais de 200 políticos, entre eles a ex-senadora Fátima Cleide

Documentos apreendidos pela Polícia Federal listam possíveis repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos políticos. É o mais completo acervo do que pode ser a contabilidade paralela descoberta e revelada ontem (22.mar.2016) pela força-tarefa a Operação Lava Jato.

As planilhas estavam com Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura, e conhecido no mundo empresarial como “BJ”. Foram apreendidas na 23ª fase da operação Lava Jato, batizada de “Acarajé”, realizada no dia 22.fev.2016.

Como eram de uma operação de 1 mês atrás e só foram divulgados públicos ontem (22.mar) pelo juiz federal Sérgio Moro, os documentos acabaram não sendo mencionados no noticiário sobre a Lava Jato.

As planilhas são riquíssimas em detalhes –embora os nomes dos políticos e os valores relacionados não devam ser automaticamente ser considerados como prova de que houve dinheiro de caixa 2 da empreiteira para os citados. São indícios que serão esclarecidos no curso das investigações da Lava Jato.

LEIA TAMBÉM: EMPRESAS INVESTIGADAS NA LAVA-JATO FINANCIARAM CAMPANHAS DE FÁTIMA CLEIDE E ROBERTO SOBRINHO

Os documentos relacionam nomes da oposição e do governo: são mencionados, por exemplo, Aécio Neves (PSDB-MG), Romero Jucá (PMDB-RR), Humberto Costa (PT-PE) e Eduardo Campos (PSB), morto em 2014, entre vários outros. De Rondônia chamam a atenção dois dados, uma anotação à caneta com o nome da ex-senadora Fátima Cleide e ao lado R$ 500 mil e em uma outra planilha a descrição “Candidato Porto Velho” com um valor de R$ 100 mil.

Fátima Cleide foi candidata a deputada federal em 2014 e não consta em sua declaração nenhuma doação neste valor. Em 2010, quando concorreu à reeleição para o Senado, constam apenas uma doação, da empresa Camargo Correa no valor de R$ 250 mil. Veja abaixo imagens das duas planilhas e clique AQUI para ver a íntegra das planilhas encontradas. As informações são de Fernando Rodrigues (UOL).

ode2
Na planilha consta, à caneta, o nome da ex-senadora

ode1

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta