Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Dois presídios no Piauí apresentam casos de contaminação por sarna, diz sindicato

0

Nas penitenciárias Irmão Guido e de Esperantina, mais de 50% dos presos estão infectados, denuncia sindicato.

Vários detentos da Penitenciária Irmão Guido, em Teresina, e da Penitenciária Regional Luis Gonzaga Rebelo, em Esperantina, estão contaminados por escabiose, doença contagiosa que atinge a pele, popularmente conhecida como sarna. A denúncia partiu do presidente do Sindicato dos agentes penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), José Roberto, que apontou irregularidades na assistência médica e higiene dos estabelecimentos prisionais.

De acordo com José Roberto, os diretores das penitenciárias informaram sobre a contaminação e foi necessário ir averiguar pessoalmente a situação. “Eu estive lá e presenciei um pavilhão inteiro contaminado. Eles fazem questão de tirar a roupa, mostrar o corpo todo. Algumas situações lá são muito sérias”, informou o presidente do Sinpoljuspi.

O sindicato cobra da Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) uma intervenção urgente para evitar que a doença chegue às casas dos agentes penitenciários. “A preocupação do sindicato é preservar a saúde dos agentes que têm contato com os presos. Já existem casos de agentes que contraíram a doença”, completou.

O condicionamento anti-higiênico das celas é apontado como um dos principais facilitadores de contágio entre os detentos. José informou ao G1 que há acúmulo de lixo e falta, inclusive, sabão para o banho dos detentos.

A Sejus respondeu em nota que os medicamentos contra escabiose já foram providenciados e que já iniciou o atendimento a detentos das unidades prisionais da Grande Teresina e da Penitenciária de Esperantina. De acordo com a nota, foram disponibilizados 800 comprimidos até o momento e a Secretaria de Saúde (Sesapi) disponibilizará mais 2 mil comprimidos. Acredita-se que o motivo da disseminação da doença seja o período chuvoso, que acaba deixando os ambientes mais úmidos.

Fonte: g1/pi
Comentários
Carregando