Dona da Souza Cruz paga US$ 49,4 bilhões por controle da Reynolds

Dona da Souza Cruz paga US$ 49,4 bilhões por controle da Reynolds

Fabricante de cigarros British American Tobacco compra rival de olho no mercado americano, que movimentou US$ 94 bilhões em 2015.

A British American Tobacco (BAT) concordou em elevar a oferta para 49,4 bilhões de dólares (160,4 bilhões de reais) para assumir o controle total da Reynolds, anunciaram as empresas nesta terça-feira. O negócio pelas 57,8% ações restantes que já não estão sob controle da britânica, irá criar a maior companhia de tabaco listada em receita e valor de mercado. No Brasil, a BAT detém o controle da Souza Cruz.

Com o negócio, a BAT consegue acesso ao mercado de cigarro nos Estados Unidos, o segundo maior do mundo, atrás da China, e que movimentou 94 bilhões de dólares (304 bilhões de reais) em 2015. A Reynolds possui marcas com grande participação no mercado americano, como Newport e Camel.

A BAT pretende também ampliar a participação em mercados emergentes, em cigarros eletrônicos e economizar cerca de 400 milhões de dólares (1,29 bilhão de reais) pela integração da capacidade dos dois negócios.

A empresa irá pagar 29,44 (95,43 reais) em dinheiro por ação ordinária da Reynolds mais 52,60 centavos de dólar (1,70 real) em ações, avaliando a companhia em mais de 85 bilhões (275 bilhões de reais). Anteriormente, a oferta era de 56,5 (183,16 reais) por ação, o que implicava em um valor de mercado de aproximadamente 47 bilhões de dólares (152,36 bilhões de reais). Às 9h08 (de Brasília), as ações da BAT caíam 0,23% na Bolsa de Londres.

Veja.com

Deixe sua opinião via Facebook abaixo!
Anterior «
Próximo »

Muryllo F. Bastos é advogado, editor do site e Painel Político. Natural de Vilhena.

  • facebook
  • googleplus

Deixe uma resposta

Direto de Brasília