Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Dono de site de notícias de Rondônia é baleado; suspeitas recaem sobre “Sem Terras” de Cujubim

0

Ele foi surpreendido quando estava em frente a sua casa conversando com um vizinho

O proprietário do site Veja Notícias, de Cujubim, região do Vale do Jamari em Rondônia, O Jornalista Ivan Pereira Costa, de 52 anos de idade, foi baleado na noite da última segunda-=feira, por volta das 20h30min em frente à sua residência. Ele levou dois tiros, no braço e barriga, foi socorrido e transferido para Porto Velho e seus estado de saúde é estável.

Segundo informações, ele foi surpreendido quando estava em frente a sua casa conversando com um vizinho, um elemento de cor negra, estatura alta e forte, em uma motocicleta Honda Titan, vermelha, veio em sua direção e antes de aproximar do local onde ele estava com o vizinho, parou a motocicleta para descer uma mulher, em seguida continuou o trajeto, passando em frente à vítima, foi até a esquina e retornou em baixa velocidade, ao passar novamente próximo a Ivan, parou e sacou uma arma de fogo (possivelmente revólver) e disparou pelo menos cinco vezes contra o jornalista, que na tentativa de se proteger, saiu correndo em direção a um terreno baldio, momento em que o atirador evadiu-se do local.

As testemunhas disseram não conhecer o atirador mas a vítima acredita que esta tentativa partiu de alguém ligado ao movimento dos “Sem Terras” ou a Fazenda Tucumã, que tem sido alvo de investigações e ações policiais, onde já foram presas várias pessoas e muitas armas. O site vem noticiando e cobrando esclarecimento e localização dos restos mortais de um jovem desaparecido após conflito na região.

Já a esposa de Iva, também jornalista, Ediléia Santos Silva informou que acredita que a tentativa de homicídio pode ter relação com a divulgação de informações sobre atentados em fazendas da região, que são alvos de conflitos agrários. “Sempre noticiamos os fatos que acontecem nas áreas de conflitos agrários, com trabalhos de investigação e isso tem incomodado”, declarou.

O suspeito de atirar contra o jornalista fugiu e ainda não foi localizado pela polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Ariquemes (RO), que deve investigar a tentativa de homicídio.

Comentários
Carregando