fbpx
Doria deve cortar entrega de leite para alunos da rede municipal

Segundo o secretário de Educação, Alexandre Schneider, todos os contratos estão sob revisão. O programa Leve Leite será o primeiro a sofrer cortes.

Com graves dificuldades orçamentárias, o prefeito João Doria (PSDB) pretende rever gastos da Secretaria de Educação que não estejam ligados diretamente ao ensino. O programa Leve Leite, que hoje atende estudantes da creche ao 9º ano da rede municipal, será o primeiro a sofrer cortes, segundo a edição desta sexta-feira do jornal Folha de S. Paulo. De acordo com o secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, a compra de material escolar e o transporte de alunos também irão passar por um pente-fino e podem ser revistos.

Já reduzido devido à crise econômica, o orçamento se tornou uma peça ainda mais sensível da nova gestão após o congelamento das tarifas de ônibus em 3,80 reais neste ano – o que ampliará em cerca de 1 bilhão de reais os gastos da prefeitura com as empresas de ônibus.

Há menos de 15 dias no cargo que já havia ocupado entre 2006 e 2012, na gestão Gilberto Kassab (PSD), Schneider tem se debruçado sobre as finanças da pasta para alinhar as ações para os próximos quatro anos.

Fonte: veja.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta