Dublê que morreu nas gravações de ‘Deadpool 2’ participava de seu primeiro filme

A dublê que morreu nesta segunda-feira (14) durante a gravação de uma cena do filme “Deadpool 2” foi identificada pela Aliança Canadense de Artistas de Cinema como Joi “SJ” Harris, primeira mulher negra a se tornar profissional de motociclismo nos Estados Unidos. Segundo o site Deadline, ela participava de sua primeira produção cinematográfica como dublê.

Testemunhas do acidente afirmam ao site que ela vestia a roupa da personagem Domino, interpretada por Zazie Beetz (“Atlanta”) e não usava um capacete no momento. A produção foi imediatamente interrompida.

Mercenária Dominó é uma das novidades de ‘Deadpool 2’ (Foto: Divulgação)

Segundo Deadline, Harris perdeu o controle de sua moto, que acelerou no momento em que devia frear em uma esquina, e colidiu com uma janela de vidro. Uma fonte afirma que ela tinha ensaiado a cena durante o dia inteiro no sábado (12).

Ryan Reynolds, que interpreta o mercenário, lamentou a morte em sua conta no Twitter. “Estamos com os corações partidos, chocados e devastados”, escreveu o canadense.

Em nota, o diretor David Leitch (“Atômica”), afirmou que “não há palavras para descrever como eu e o resto da equipe de ‘Deadpool 2’ nos sentimos com essa tragédia. Nossos pensamentos estão com sua família, amigos e entes queridos neste momento difícil”.

A continuação do filme de 2016 tem estreia prevista para 2018.

Este é o segundo acidente fatal envolvendo um dublê durante gravações em pouco mais de um mês. No dia 13 de julho, John Bernecker morreu enquanto participava de uma cena da série “The walking dead”.

Fonte: g1.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta