Elton Assis, um conselheiro federal que faz a diferença

Advogado rondoniense vem firmando posicionamento sobre temas polêmicos e ganhando respeito em Brasília

Brasília – O advogado rondoniense Elton Assis, que representa Rondônia no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil vem se destacando como poucos na função, que tem visibilidade nacional.

Elton foi eleito junto com a chapa de Andrey Cavalcante e desde que começou a participar das reuniões do Conselho vem se posicionando com firmeza diante de temas polêmicos, como a terceirização, reforma da previdência, prerrogativas e isso vem rendendo visibilidade em Brasília e também no Estado.

Sobre a terceirização, que vem sendo tema de acalorados debates em todo o país, Elton conclamou a população, “o projeto é uma afronta aos princípios constitucionais trabalhistas, e não podemos aceitar. Convoco a sociedade brasileira, para, juntos, conclamarmos ao presidente da República a vetar o Projeto de Lei 4302/98, como medida apta no processo legislativo a evitar a consumação desse gravíssimo retrocesso social e a garantir a continuidade da proteção legal dos trabalhadores, base essencial da atividade econômica nacional”.

Em 2014, o Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) aprovou por unanimidade, o voto de Elton Assis, que referendou o texto da Carta do Contribuinte Brasileiro, oriunda do Grupo de Trabalho Interinstitucional sobre o Plano Tributário Nacional. O Grupo é formado pelos membros das comissões especiais de Direito Tributário e de Cidadania Tributária da OAB e de entidades representativas da sociedade civil.

No quesito representação em Brasília, Elton Assis vem fazendo bonito.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta