fbpx
Em artigo publicado em seu jornal, Gurgacz brinca com a cara do povo brasileiro ao falar de economia

O senador Acir Gurgacz (PDT), aquele que não conseguiu encontrar nenhum crime na política econômica do governo Dilma Roussef, publicou artigo no jornal Diário da Amazônia, que pertence à sua família neste fim de semana, e resolveu brincar com a cara do povo brasileiro. O senador rondoniense afirmou estar “combatendo sistematicamente a política de elevação de juros”, pois entende “que ela é boa apenas para os banqueiros”, mas vê como “boa indicação” a manutenção da taxa Selic em incríveis 14,25% (em 2013 essa taxa era de 7,12% e desde então só aumenta). Segundo Gurgacz “esse é o caminho para impulsionar o setor produtivo, ampliando a oferta de crédito e a possibilidade de investimentos pelo setor privado”.

[su_frame align=”right”] [/su_frame]O senador, pelo jeito, não entende muito de economia. Veja abaixo seu “artigo”:

“A manutenção da taxa Selic em 14,25% pelo Comitê de Política Monetária (Copom) é uma boa indicação de que a política de juros deve mudar em 2016, com uma quinada para a redução dos juros abusivos que vem sendo praticados pelo mercado financeiro. Entendo que esse é o caminho para impulsionar o setor produtivo, ampliando a oferta de crédito e a possibilidade de investimentos pelo setor privado.

Tenho combatido sistematicamente a política de elevação de juros, pois entendo que ela é boa apenas para os banqueiros, que lucram com essa situação e com o agravamento da crise econômica em diversos países. No ano passado, quando a taxa Selic subiu sete vezes seguidas, chegando a 14,25% ao ano, os bancos que operam no Brasil obtiveram lucros superiores a 20% em relação ao mesmo período de 2014.

Evidente que o juro alto evita a fuga de capitais, mas é praticamente só isso, pois não conseguiu controlar a inflação e a recessão se agravou. Para mim, já estava mais do que na hora da equipe econômica rever esta política de elevação dos juros e de tentar fazer receita com mais impostos. Essa estratégia não está dando certo. Chega de impostos e de juros altos.

Não admitimos que os trabalhadores e os empresários banquem sozinhos os custos do ajuste fiscal. Não admitimos mais impostos e aumento dos juros. Precisamos de respostas que incentivem o setor produtivo. Porque são as empresas, principalmente as pequenas e médias, que fazem a economia do Brasil andar. A manutenção da taxa Selic é um bom sinal para a economia real e a redução dos juros é o caminho para voltarmos a crescer”>

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta