fbpx
Em vídeo, Marinha Raupp rebate notícias falsas sobre pedágios

“Sou contra a cobrança de pedágio na BR 364. Acredito ser de responsabilidade do governo federal a manutenção e a recuperação da BR”. Assim a deputada federal Marinha Raupp (MDB) inicia um vídeo de pouco mais de 30 segundos, no qual ela rebate falsas informações que circularam de que ela seria favorável à cobrança de pedágios.

E por mais tentador que seja ter uma rodovia privatizada, os custos são altos e o governo precisa estabelecer regras claras no edital de concessão da rodovia. Em diversos pontos do país, consórcios que administram essas concessões, deixam a desejar na manutenção, mas não esquecem as cobranças.

Um exemplo prático disso acontece na BR 040, que liga Goiás ao Rio de Janeiro, passando pelo Distrito Federal e Minas Gerais. Em um dos trechos com maior trânsito de carretas, em Minas, a rodovia não foi duplicada, carece de manutenção e os motoristas se arriscam em ultrapassagens, mas os postos de pedágio funcionam à pleno vapor, cobrando R$ 5,30 por veículos leves e esse valor por eixo para carretas.

Para a deputada, o correto seria o governo federal usar o exército para fazer a duplicação e manutenção da rodovia e não fazer com que a população tenha que pagar a conta, de novo, para poder transitar com segurança. Veja a postagem de Marinha Raupp.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta