Embaixatriz confessa participação no assassinato de marido no RJ

Ele foi encontrado em um carro carbonizado 

Françoise Amiridis, mulher do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, confessou a participação na morte do marido. O corpo de Kryakos foi achado carbonizado dentro de um carro incendiado na última quinta-feira em Nova Iguaçu (RJ), após ele ter sido dado como desaparecido desde a noite do dia 26. As informações são do jornal O Globo. 

A polícia pediu a prisão de Françoise e do soldado da PM Sérgio Gomes Moreira Filho, e Eduardo Tedeschi, um amigo seu, e Sérgio Moreira, primo do PM. Françoise e Sergio, que tem 29 anos e é lotado na UPP do Morro do Fallet, confessaram manter uma relação extraconjugal, segundo investigadores. 

A trama para matar o embaixador grego começou a partir do dia 22, quando ele e a mulher tiveram uma briga dentro de casa. Ela teria sido agredida e decidido se vingar. “A partir daí ela contou para o PM, que era amante dela, e eles tramaram o crime”, explica um investigador.
A polícia acredita que Kyriakos foi assassinado na sala de sua casa, a facadas. A suspeita se baseia em manchas de sangue encontradas no móvel, e na ausência de relatos de disparo de arma de fogo. 

News Reporter
Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta