Empresário complica Pedro Taques e chefe da Casa Civil do Mato Grosso

Um dos mais próximos interlocutores do tucano Pedro Taques (foto), o empresário Alan Malouf complicou a vida do governador do Mato Grosso em depoimento que prestou ao Ministério Público do estado.

Malouf admite ter recebido R$ 260 mil em dinheiro vivo de um esquema de fraude na Secretaria de Educação, em que empresários com contratos na pasta repassavam para políticos e funcionários públicos parte do dinheiro que recebiam.

O dinheiro seria uma maneira de ele reaver os recursos que doou, por caixa dois, à campanha de Pedro Taques em 2014.

O depoimento encrenca um pouco mais Taques porque outro empresário com participação no esquema, Giovani Guizardi, disse o mesmo em sua delação premiada.

Eis um trecho do depoimento de Malouf:

“(…) que, logo após a prisão de Giovani e após se inteirar dos detalhes, ligou os fatos da prisão de Giovani aos negócios ilícitos na Secretaria de Educação; que ficou muito preocupado com a prisão e se direcionou a converar com o governador Pedro Taques, oportunidade em que teria enviado uma mensagem ao governador e este indicou que comparecesse no palácio; que, no palácio, encontrou-se com o governador Pedro Taques e Paulo Taques (primo do governador e secretário da Casa Civil), e disse aos mesmos que Giovani Guizardi teria dado apoio econômico à campanha no valor de R$ 200 mil sem declaração oficial, o que era de conhecimento do governador e de Paulo Taques, e relatou também a ambos que havia recebido uma devolução de valores de Giovani, oriundo do esquema que estava sendo descoberto na operação, que o interrogando se recorda que tanto o governador quanto o secretário de Estado disseram que ‘iriam dar um jeito de resolver’ (…)”.

O depoimento foi só um petisco. Malouf promete entregar mais em sua delação premiada, em negociação com o Ministério Público do Mato Grosso — e com a PGR, naturalmente.

Fonte: oglobo.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Deixe uma resposta