Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Encontrado corpo da adolescente no Rio São Francisco que se matou no jogo da baleia azul

0

O corpo de Vitória Sena encontra-se no Instituto Médico Legal da cidade de Petrolina para as providências legais

Foi encontrado no final da tarde desta quinta-feira (20) as margens do Rio São Francisco, em Petrolina, o corpo da adolescente Vitória Sena de Oliveira, de 15 anos, que desapareceu na última segunda-feira (17), em Juazeiro.
Segundo familiares a jovem havia deixado uma carta de despedida que avisava aos familiares que pularia da Ponte Presidente Dutra. A família também suspeita de que a atitude da menina tenha relação com o jogo Baleia Azul.
A Polícia Civil de Juazeiro informou que as equipes estão investigando o caso para saber o que teria instigado a morte da menina. Ainda de acordo com a Polícia Civil a morte da garota pode ter sido por afogamento.
O corpo de Vitória Sena encontra-se no Instituto Médico Legal da cidade de Petrolina para as providências legais.
O Jogo Baleia Azul
O jogo da Baleia Azul, disputado pelas redes sociais, propõe desafios macabros aos adolescentes, como bater fotos assistindo a filmes de terror, automutilar-se, ficar doente e, na etapa final, cometer suicídio.
Aparentemente o fenômeno começou na Rússia, mas está se espalhando – inclusive no Brasil. Na Rússia, em 2015, uma jovem de 15 anos se jogou do alto de um edifício; dias depois, uma adolescente de 14 anos se atirou na frente de um trem. Depois de investigar a causa destes e outros suicídios cometidos por jovens, a polícia ligou os fatos a um grupo que participava de um desafio com 50 missões, sendo a última delas acabar com a própria vida.
As recomendações para as famílias são: monitorar o uso da internet, frequentar as redes sociais dos filhos, observar comportamentos estranhos e, sobretudo, conversar e conscientizar os adolescentes a respeito das consequências de práticas que nada têm de brincadeira. Atenção redobrada com os jovens que apresentem tendência a depressão, pois eles costumam ser especialmente atraídos por jogos como o da Baleia Azul. Também as escolas devem colocar o assunto em pauta e incorporar no currículo, cada vez mais, a educação para a valorização da vida, o respeito pela vida dos outros e o uso consciente das mídias e tecnologias.
BahiaJá
Comentários
Carregando