Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Encrencados com a justiça são empossados em Brasília

0

Bancada rondoniense é de longe a representação mais fraca dos últimos anos

Porto Velho — Com dois deputados acusados de corrupção e um terceiro por crime eleitoral, além de dois inexperientes, a bancada federal de Rondônia na Câmara dos Deputados é uma das mais fracas que se tem notícia nos últimos anos.

Lindomar Garçon, que já foi deputado federal está sendo acusado pelo Ministério Público Eleitoral por compra de votos nas eleições de 2014. Como ele não constuma ter muita sorte, já perdeu um mandato de deputado após uma recontagem de votos e perdeu a eleição para prefeito de Porto Velho por duas vezes consecutivas, corre o risco de perder mais esse.

Nilton Capixaba responde a crimes de corrupção do esquema conhecido como “Sanguessugas” que consistia na venda de ambulâncias para prefeituras de todo o país. O processo tramita em segredo de justiça no Supremo Tribunal Federal e nos últimos meses passou a tramitar mais rápido, indicando que ele pode ser condenado e consequentemente perder o mandato nos próximos meses.

Lúcio Mosquini chegou a ser preso no final do ano passado acusado de suiperfaturar e direcionar licitações para uma empresa que seria do prefeito afastado de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni, que segundo o Ministério Púiblico estaria em nome de laranjas.

Marcos Rogério, que assumiu a vaga de Garçon na legislatura anterior, até que saiu-se bem, mas ainda não teve tempo para mostrar, de fato, a que veio.

Expedito Neto e Mariana Carvalho são os nomes mais jovens e também os mais inexperientes. Mariana, que foi vereadora e candidata a prefeita de Porto Velho, tem um pouco mais de conhecimento, mas essa é sua primeira investida em cargo dessa envergadura, já Expedito vai ter que contar, e muito, com a ajuda do pai o ex-senador Expedito Júnior. Nunca ocupou cargo eletivo. Outro deputado que assumiu foi Luiz Cláudio, ex-deputado estadual que também desembarca em Brasília sem grandes projetos.

A mais antiga representante de Rondônia em Brasília, Marinha Raupp que está em seu sexto mandato, é uma espécie de “vereadora” no Congresso, apresentando “sugestões” e “indicações” diversas e talvez por isso consiga ser reeleita a cada pleito.

 

Comentários
Carregando