Eles foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal 

[su_frame align=”right”] [/su_frame]Porto Velho – A equipe do programa Comando Policial, da TV Allamanda, afiliada do SBT em Porto Velho, comandada pelo repórter Paulo Motta foi presa em flagrante na noite da última quinta-feira pela polícia militar por estarem usando um rádio transmissor sintonizado na frequência da PM. A prisão foi feita por um tenente do 5º BPM e os três membros da equipe foram encaminhados à superintendência da Polícia Federal em Rondônia.

Veja o vídeo do momento da prisão:

Ainda é crime, mas está em discussão

Atualmente existem discussões jurídicas sobre o uso de rádios, sintonizados na frequência da polícia. Já existem entendimentos de que não é crime, desde que as transmissões não sejam divulgadas, no caso, a equipe de TV usava apenas para se manter informada das ocorrências, “rádio escuta”. O repórter, segundo informações repassadas por outros jornalistas que acompanham o cotidiano policial, estaria sendo perseguido pelo tenente responsável pela prisão, porque o mesmo havia sido denunciado pelo programa.

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

4 thoughts on “Equipe de TV é presa em flagrante com rádio na frequência da PM, em Porto Velho

  1. http://tj-rs.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/21440404/recurso-crime-rc-71003575792-rs-tjrs/inteiro-teor-21440405

    nesse link diz mto sobre esse tipo de CRIME, pq é crime: 1º uso de rádio sem a autorização da anatel e 2º no CP tem art. 151, § 1º, inc. II, “Divulgar ou transmitir indevidamente a outrem, ou utilizar abusivamente de comunicação telegráfica ou radioelétrica dirigida a terceiro”.

    Enfim, a pm outra vez sendo apedrejada por trabalhar…

  2. Isso é uma lástima. Policiais que se acham o dono da razão e que fazem da farda que usam como os que impõem a ordem em tudo e em todos. Escárnio !!!!

  3. Sério Mauricio?!! o Delegado da PF ratificou o flagrante! E ai, conhecedor das leis?E agora?

  4. Os policiais desconhecem a legislação de telecomunicações e não podem ter esse comportamento nem confiscar os radios.

    Cabe ao orgão que utiliza frequencias de radio utilizar dispositivos que inibam a recepção dos sinais.

    Agora a equipe de tv pode processar os policiais por constrangimento e desconhecimento das leis.

Deixe uma resposta