fbpx
Esqueceram das 10 medidas, Anthony Garotinho, rebeliões, tucanos…

Temas que eram recorrentes na imprensa, caíram no esquecimento

Brasília – O ex-governador do Rio, Anthony Garotinho chegou a ser preso. Deu o maior faniquito e foi liberado para “se tratar em casa”, e simplesmente sumiu. Ninguém fala mais nele, é como se não tivesse cometido nenhum crime. A bola da vez é Sérgio Cabral, larápio de primeira, que roubou mais que rato de igreja, e (ainda) está preso.
Faniquito de Garotinho

Outro assunto que caiu no esquecimento foram as “10 Medidas Contra a Corrupção“, uma cruzada do Ministério Público que parece não ter mais importância. A Lava Jato está sendo, aos poucos, desmontada pelo PMDB de Michel Temer que está em vias de nomear Renan “enrolado” Calheiros, ministro da Justiça. O “revisor” da Lava Jato está quase com a cadeira garantida no STF, o incompetente ex-ministro da Justiça Alexandre de Moraes, cujo maior mérito foi prender o sujeito que hackeou o telefone da primeira dama que tinha fotos, digamos, que contradiziam sua fama de “recatada”.

O principal desafio de Moraes, a crise no sistema penitenciário, que matou quase duas centenas de presos no início do ano, também foi para o buraco negro do esquecimento. Nenhuma mudança no sistema foi feita e ao que tudo indica, a empresa que prestava serviços ao sistema penitenciário no Amazonas, continua lépida no caixa do Estado. Ao menos até a próxima rebelião.

Os tucanos, essas aves traquinas que estão sempre às voltas em denúncias de corrupção, sempre acompanhadas do PMDB, também sumiram, ao menos da mídia. Silêncio impera, é como se apenas a Odebrecht e a OAS fossem a mãe e o pai de toda a corrupção. Eduardo Cunha é um “batedor de carteiras” perto do propinoduto que Aécio teria recebido durante as obras da cidade administrativa. Mas, pelo jeito isso não interessa. Melhor esquecer…

Alan Alex é jornalista, editor do site e da coluna Painel Político. Natural de Porto Velho foi criador e editor do site Portal364, trabalhou na redação dos jornais Diário da Amazônia, Folha de Rondônia, revista Painel Político, foi assessor de imprensa, é roteirista, editor de conteúdo e relações públicas. Também atuou como repórter de TV e rádio. É filiado à ABRAJI.

Deixe uma resposta