Estátua de Messi em Buenos Aires sofre ataque de vândalos

A estátua de Lionel Messi, situada no Passeio das Glórias de Buenos Aires, foi vítima de um ataque de vandalismo ao aparecer neste domingo, 3, com as pernas cortadas.

Este é o segundo ato de vandalismo sofrido pela estátua inaugurada no dia 28 de junho de 2016 na Encosta Sul da capital argentina, já que em janeiro deste ano também sofreu avarias, sendo inclusive cortada ao meio.

A obra, que tem como autor o escultor realista Carlos Benavídez, será transferida para a Direção de Monumentos e Obras de Arte da Cidade para começar a ser restaurada a partir de segunda-feira.

O Passeio das Glórias é um lugar público onde se erguem estátuas dos principais desportistas argentinos como o jogador de basquete Manu Ginóbili, os ex-tenistas Guillermo Vilas e Gabriela Sabatini, o ex-jogador de rugby Hugo Porta, a ex-integrante da seleção de hóquei sobre grama Luciana Aymar, o ex-golfista Roberto De Vicenzo, o ex-boxeador Pascual Pérez e o ex-piloto de Fórmula 1 Juan Manuel Fangio.

Este espaço foi criado para os preparativos para os Jogos Olímpicos da Juventude do próximo ano, que acontecerão em Buenos Aires. / EFE

Fonte: esportefera.com

Painel Político, é um blog de notícias de Rondônia, com informações sobre política regional, nacional, economia, jurídico e variedades. Siga-nos nas redes sociais, visite-nos diariamente e fique sempre bem informado.

Participe do debate. Deixe seu comentário