Painel Político
A maior agência de notícias em seu Whatsapp do Brasil

Euler Potiguara é reeleito presidente do TCE

0

Na sessão do Pleno desta quinta-feira (3), o Tribunal de Contas (TCE-RO) reelegeu, por aclamação, o conselheiro José Euler como presidente para o biênio 2014-15. Na mesma sessão, foram eleitos, também por unanimidade, os conselheiros Paulo Curi Neto como vice; Edílson de Sousa, corregedor-geral; Benedito Alves, presidente da 1ª Câmara; Valdivino Crispim, presidente da 2ª Câmara; Francisco Carvalho, ouvidor; e Wilber Coimbra, presidente da Escola Superior de Contas.

Disciplinado pela Lei Orgânica e pelo Regimento Interno do TCE, o pleito foi realizado ao final da sessão plenária, com os conselheiros votando, em escrutínio secreto, de acordo com sua antiguidade no Colegiado. Ainda de acordo com o Regimento Interno, o exercício dos cargos começa a partir de 1º de janeiro de 2014, prolongando-se até 31 de dezembro de 2015.

PRONUNCIAMENTOS
A eleição dos membros aos cargos diretivos para o próximo biênio foi destacada nos pronunciamentos dos conselheiros. O conselheiro Wilber Coimbra, primeiro a se pronunciar, destacou o trabalho realizado e os desafios que a nova gestão terá à frente da Corte de Contas.

Já o conselheiro Edílson de Sousa disse que a recondução do presidente traduz o momento de maturidade e crédito depositado, em face da gestão realizada no atual biênio, que termina este ano. Felicitando os demais pares e a Corte pelo momento, o conselheiro Francisco Carvalho se disse satisfeito por terem sido escolhidas “as pessoas certas para os lugares certos”.

O senso democrático do atual presidente Euler e sua condução serena dos destinos do TCE neste biênio foram ressaltados pelo conselheiro Valdivino Crispim, enquanto o conselheiro Benedito Alves, mais novo membro da Corte, ressaltou as qualidades do recém-reeleito presidente Euler para comandar, com sensatez, o Tribunal nos próximos dois anos.

Já a procuradora-geral do MPC, Érika Saldanha, que deixa o cargo este ano, após dois mandatos, além de parabenizar os membros do TCE eleitos, falou da perceptível evolução pela qual passou o Tribunal ao longo desses dois anos, reiterando a atuação proativa do Ministério Público de Contas nessa trajetória, ombreando-se com o TCE na defesa do erário.

Antes de encerrar a sessão, o conselheiro Euler agradeceu à confiança depositada pelos pares por sua recondução ao cargo de presidente e conclamou todos, incluindo servidores, estagiários e colaboradores, para sacramentar os avanços obtidos até o momento, visando consolidar o TCE como instituição fundamental não só para resguardar o interesse da sociedade relativamente aos gastos do dinheiro público, como na melhoria da administração pública rondoniense.

Comentários
Carregando