Ex-ditador uruguaio, Gregorio Alvarez morre aos 91 anos

General estava internado devido a problemas cardíacos.

O ex-ditador uruguaio general Gregorio Alvarez morreu, na madrugada desta quarta-feira (28), aos 91 anos, na capital Montevidéu, em decorrência de problemas cardíacos. Alvarez, que já estava internado, governou o país entre 1981 e 1984, durante a ditadura militar.

De acordo com informações do portal G1, ele que foi condenado e estava preso há 10 anos, pela participação em 37 homicídios durante o regime militar.

As vítimas foram sequestradas na Argentina, torturadas em um centro de detenção clandestino e enviadas ao Uruguai em 1978, mas seus restos mortais nunca foram encontrados.

News Reporter

Deixe uma resposta